Líderes comunitários de Paraisópolis encaminham demandas ao governo | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte

Sistema Costa Norte de Comunicação

Logo do Jornal Costa Norte

Líderes comunitários de Paraisópolis encaminham demandas ao governo

Elaine Patricia Cruz/Agência Brasil
09 de dezembro de 2019 às 21:10

Moradores e líderes de associações comunitárias de Paraisópolis e secretários municipais e estaduais de São Paulo discutiram nesta segunda-feira, 9, uma agenda conjunta de ações para melhorias no local. No dia 1º deste mês, nove pessoas morreram durante um baile funk na comunidade, localizada na zona sul de São Paulo. Com cerca de 100 mil habitantes, Paraisópolis é, segundo a Associação de Moradores, a segunda maior comunidade da capital.

Uma das reivindicações apresentadas na reunião, realizada na sede da União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis, foi a criação de uma subprefeitura própria para o bairro, chamada Paraisópolis/Morumbi. Hoje as demandas do bairro são encaminhadas administrativamente para a subprefeitura do Campo Limpo. Parte também é atendida pela subprefeitura do Butantã.

Os moradores pediram ainda a retomada das obras de urbanização da comunidade, paradas desde 2013; a abertura do Parque Paraisópolis; a implantação de centros para crianças e para idosos; a construção de uma casa de cultura; a implantação da Virada Cultural na localidade e sedes para a Orquestra e o Balé de Paraisópolis. De acordo com a prefeitura municipal, uma das demandas, a troca das luzes dos postes por lâmpadas de LED, deve ser atendida a partir de janeiro do próximo ano.

"Diante dessa tragédia, a melhor resposta que se dá para a comunidade é a presença. Não adianta um abraço de longe. E, mais do que isso, que a gente consiga sair daqui com resultados. Paraisópolis tem um programa de urbanização gigantesco que foi interrompido. Queremos uma nova Paraisópolis", disse o líder comunitário Gilson Rodrigues. "Queremos poder sonhar", acrescentou. "E queremos que seja criado um decreto instituindo essas ações para que não seja uma ação apenas deste governo,para que elas não possam ser descontinuadas", afirmou.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Econômico do estado de São Paulo, Patrícia Ellen, na reunião técnica, ficou acertada a criação de seis grupos de trabalho para atender as demandas da comunidade. Patrícia Ellen ressaltou que tudo o que for acertado com Paraisópolis funcionará também para Heliópolis, a maior comunidade de São Paulo. "Hoje foi dia de ouvir. Para os próximos passos, organizamos seis grupos temáticos, e vamos trabalhar nos próximos 10 dias para retornar com um programa para atender Paraisópolis e outras comunidades de São Paulo."

Os grupos temáticos foram divididos nas áreas de educação; cultura, lazer e esportes; desenvolvimento social, assistência social, justiça e cidadania; habitação e infraestrutura; saúde e primeira infância; emprego e empreendedorismo.

Sobre as demandas encaminhadas pela comunidade, as obras do Parque Paraisópolis devem ser iniciadas em fevereiro. "Já fizemos a licitação [do Parque Paraisópolis]. Já sabemos o ganhador e estamos na fase da apresentação da documentação e da caução. As obras devem ter início em fevereiro e, até o final de agosto, vamos entregar o parque para a população", disse o secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente, Eduardo de Castro.

Segurança nos bailes

Os moradores de Paraisópolis reivindicaram ainda melhor estrutura e mais segurança para os bailes funk, os chamados pancadões, que atraem milhares de pessoas para a comunidade. "Que ele [baile funk] seja organizado, tenha horário para começar e terminar e tenha mais infraestrutura até que se criem condições para que a gente ache um espaço, assim como a construção de uma escola de música. Que se criem condições para que esse baile possa migrar para um espaço mais adequado, mais organizado", detalhou Gilson Rodrigues.

O secretário municipal de Cultura, Alê Youssef, adiantou que a prefeitura pretende criar espaços para a escola de música e de dança de Paraisópolis. Ele citou ainda a realização imediata de ações como incluir Paraisópolis no calendário de eventos culturais da cidade.

"Vamos buscar ações para garantir a presença do Estado [nos bailes funks]. Não podemos cair na simplificação da criminalização do genero musical. Precisamos ter visão mais abrangente, que traz a cultura para o centro e que valoriza esse gênero. O funk é o genero mais ouvido pela juventude. É impressionante a força desse ritmo. Nosso olhar é de valorização [dessa cultura]", acrescentou Youssef.

Segundo o secretário, paralelamente a isso, é necessário um projeto de maior valorização do funk. "Existe a questão dos bailes, e é necessário [ter] infraestrutura com múltiplas áreas, mas existe a valorização macro, com grandes eventos para atrair os jovens e os artistas em um ambiente de legalidade e de valorização cultural."

"A demanda que eles têm em relação aos bailes é para que possamos criar uma espécie de regulamentação, ou seja, estabelecendo regras sobre como esses bailes devem acontecer, que é o que acontece em qualquer outro evento que ocorra no estado de São Paulo. Precisa ter as regras, estabelecer quantos banheiros químicos tem que ter, qual o horário de funcionamento, o padrão em relação a decibéis", disse o secretário estadual de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão.Para o secretário, fazer isso é perfeitamente factível. "E podemos ir além. É fundamental apoiar as iniciativas culturais que já acontecem na cidade e que podem gerar renda, emprego e desenvolvimento na comunidade. A favela é um paraíso de economia criativa", afirmou Sá Leitão.

Reuniões

Desde hoje cedo, os moradores da comunidade de Paraisópolis estão reunidos. De manhã, houve reunião com líderes de associações do Morumbi, bairro de classe média alta onde Paraisópolis está inseridoa. Estava prevista para o fim da tarde de hoje uma reunião de moradores da comunidade e representantes das famílias das vítimas do baile funk com o governador de São Paulo, João Doria, e o secretário de Segurança Pública, João Camilo Pires de Campos.

Também participaram da reunião da tarde de hoje em Paraisópolis os secretários estaduais Rossieli Soares, da Educação, José Henrique Germann, da Saúde, Célia Parnes, do Desenvolvimento Social, Wilson Pedroso, chefe de gabinete do governador, Flavio Amary, da Habitação, e Paulo Dimas Mascaretti, da Justiça e Defesa da Cidadania.

Pela prefeitura, além de Youssef e Eduardo de Castro, estiveram presentes os secretários José Roberto Oliveira. da Segurança Urbana, Aline Cardoso, do Desenvolvimento Econômico e Trabalho, e Berenice Giannella, da Assistência Social.

Comentarios

Previsão do tempo


MÁX

MIN

Estradas

Segurança

Colunas e Blogs

Geral

Política

Esporte

Variedades

Horóscopo Cigano

Horóscopo Cigano - 30 de julho a 6 de agosto

  • COROA - 30 de julho a 6 de agosto

     (20 DE ABRIL A 20 DE MAIO) Fase de revoluções onde você vira o jogo e busca respostas de uma maneira mais agressiva, é preciso ter cautela com as palavras para não ter problemas maiores. Cuidado para não confundir o seu relacionamento amoroso com suas questões profissionais. Bom momento para cuidar da sua saúde física e espiritual, buscando o equilíbrio para lidar com algumas questões particulares. Questões familiares são melhores resolvidas depois de uma conversa amiga.

  • CANDEIAS - 30 de julho a 6 de agosto

     (21 DE MAIO A 20 DE JUNHO) O momento não te favorece muito, porém tudo pode mudar dentro de um determinado tempo, basta você saber lidar com todas as situações e não se precipitar diante dos fatos. Cuide-se mais em questões profissionais, fuja do comodismo e arrisque um pouco mais, as questões que te rondam podem não estar favoráveis mas isso não quer dizer que você não tenha a capacidade para dar a volta por cima. Saiba lidar com todas as situações.

  • RODA - 30 de julho a 6 de agosto

     (21 DE JUNHO A 21 DE JULHO) Fase de renovação, de entusiasmo e muita fé, você se depara com boas respostas porém os dias esclarecem os assuntos e você passa a se preocupar menos, tudo começa a fazer mais sentido enfim até mesmo há uma melhora nas questões de saúde. O momento é de bons pensamentos, bons sentimentos enfim aquela nuvem de preocupações familiares começa a se dissipar e os dias ficam melhores, mais oportunos.

  • SINO - 30 de julho a 6 de agosto

     (23 DE AGOSTO A 22 DE SETEMBRO)  Momento de renovação, de fé e entusiasmo, você volta a agir diante das situações, consegue mudar o que for preciso e vai um pouco mais além daquilo que você precisa. As mudanças favorecem o seu astral, mas você precisa resolver certos assuntos pendentes, encarar de frente certas situações que acabaram te trazendo uma certa dor de cabeça. No amor tente entender a pessoa amada, muitas vezes voc~e age com grosseria sem necessidade.

  • MOEDAS - 30 de julho a 6 de agosto

     (23 DE SETEMBRO A 22 DE OUTUBRO) Você tende a mudar a sua maneira de agir nas questões profissionais, está mais tranquilo(a) diante dos assuntos financeiros porém ainda enfrenta certas dificuldades em particular. Controle-se diante dos fatos, busque a paz acima de tudo, deixe o tempo agir e liberte-se do passado vivendo uma vida mais equilibrada no presente. No amor tudo tende a ficar bem dentro de alguns dias, os relacionamentos começam a acontecer de maneira positiva.

  • ADAGA - 30 de julho a 6 de agosto

    ( 23 DE OUTUBRO A 21 DE NOVEMBRO) Fase de fé e determinação, momento de luz e boas energias astrais, você busca novidades para os seus caminhos, está decidido(a) a inverter as situações e seguir uma nova jornada muito mais positiva. Garra e determinação não vão faltar neste momento de mudanças radicais e sentimentos fortes e intensos, será preciso fôlego para seguir com seus bons planos. No amor será preciso tomar cuidado com as palavras pois sem querer você pode ofender a pessoa amada.

  • FERRADURA - 30 de julho a 6 de agosto

    (22 DE DEZEMBRO A 20 DE JANEIRO) Dias de luz e alegrias, momento de boas realizações e novidades que mudam o seu astral, é hora de agir diante das questões, favorecer a sua vida de maneira positiva. Concentre-se mais em seus objetivos, busque a paz espiritual para os seus caminhos, não se deixe levar pelos imprevistos que rondam a sua vida. Esqueça o passado e viva o presente, corra atrás dos seus objetivos com mais intensidade e muita fé.

  • TAÇA - 30 de julho a 6 de agosto

     (21 DE JANEIRO A 29 DE FEVEREIRO) Será preciso muito equilíbrio e muita compreensão de sua parte para virar o jogo diante das questões, não se deixe levar pelos fatos, faça o que for preciso para vencer seus obstáculos, deixe pra lá tudo aquilo que só atrapalha os seus caminhos, vá viver as suas oportunidades de maneira positiva sem se deixar levar pelos acontecimentos. Mudanças em sua maneira de pensar e de agir, reviravoltas favoráveis que trazem a ti uma alegria a mais para continuar, para criar uma nova história.

  • CAPELA - 30 de julho a 6 de agosto

     (20 DE FEVEREIRO A 20 DE MARÇO) Você decide seguir com mais fé e entusiasmo, porém ainda enfrenta certas situações de maneira firme e decidida, sabe que está enfrentando grandes batalhas porém ainda mantém o foco dos seus objetivos. Mudanças costumam acontecer em seus caminhos para que você aprenda a se desapegar de situações nada favoráveis. Tente manter o foco dos seus objetivos e se liberte de tudo aquilo que de uma certa maneira te perturba.

  • PUNHAL - 30 de julho a 6 de agosto

     (21 DE MARÇO A 20 DE ABRIL)  Momento de reorganizar seus planos buscando o equilíbrio diante de todos os assuntos.No amor tente ser compreensivo(a) para não resultar num término desnecessário. Tudo tem o tempo certo para acontecer portanto não insista em algo que ainda está longe de te dar uma resposta positiva, você pode estar perdendo tempo e outras boas oportunidades que com certeza te trarão melhores respostas profissionais e financeiras.

  • ESTRELA - 30 de julho a 6 de agosto

     (22 DE JULHO A 22 DE AGOSTO)  Fase de amor e fé, momento de boas realizações e de novidades que esclarecem os seus ideais, é hora de seguir em frente, aceitar os fatos e virar o jogo com mais entusiasmo e alegria, embora ainda existam certas questões a serem resolvidas você segue a sua intuição e as respostas surgem de maneira satisfatória em seus caminhos. Na busca de dias melhores tudo começa a acontecer de maneira positiva, você se liberta dos seus medos e encara uma nova jornada.

  • MACHADO - 30 de julho a 6 de agosto

     ( 22 DE NOVEMBRO A 21 DE DEZEMBRO) Boas vibrações, maravilhosas respostas, momento de luz e alegrias, fase de paz, de união e reviravoltas favoráveis em seus caminhos. Mudanças necessárias e oportunas surgem e você se depara com situações agradáveis que incentivam os seus bons projetos. Cuide-se bem sempre e não se deixe levar pelos imprevistos ao seu redor, continue focado(a) em seus objetivos pois você já sentiu que tudo tende a dar certo. No amor novas respostas surgem porém seu foco é outro nos dias de hoje.