Famílias de vítimas de incêndio no Badim apontam descaso após tragédia | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte

Sistema Costa Norte de Comunicação

Logo do Jornal Costa Norte

Famílias de vítimas de incêndio no Badim apontam descaso após tragédia

Mariana Tokarnia/Agência Brasil
06 de dezembro de 2019 às 21:38

Quase três meses após o incêndio do Hospital Badim, na zona norte do Rio de Janeiro, famílias das vítimas dizem que não receberam a assistência adequada da instituição após a tragédia. De acordo com representantes do hospital, seis acordos de indenização foram fechados e 10 estão em andamento. 

"Em alguns casos já houve a conclusão em relação às indenizações. Existe um gabinete específico [de crise, formado após o incêndio] para estudar o que é valor, o que é necessidade, isso tudo está em andamento", disse o diretor médico do hospital, Fabio Santoro. Segundo ele, o hospital arcou com despesas do funeral e com os custos de transporte e alimentação de parentes de pacientes que sobreviveram e precisaram ser transferidos para outros hospitais.

A tragédia, que ocorreu no dia 12 de setembro deste ano, ainda faz vítimas. No último domingo, 1º, morreu a 22ª vítima da tragédia. Algumas das não morreram pelo fogo, mas por complicações da própria doença causadas pela falta de energia provocada pelo incêndio, o que fez com que aparelhos necessários para o tratamento fossem desligados.

O assunto foi tratado na primeira audiência da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Incêndios da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A CPI foi criada para investigar, além do incêndio no Hospital Badim, os que ocorreram no Ninho do Urubu, no Hospital Balbino e no Museu Nacional.

Parentes das vítimas que participaram da audiência relataram casos de descuido do hospital com os pacientes antes mesmo da tragédia e disseram que não receberam assistência da instituição. "Até agor,a não ouvi um pedido de perdão, um lamento pela perda – eu não ouvi de ninguém do hospital, nenhum diretor, ninguém", lamentou Carlos Outerelo, filho de Berta Gonçalves Barreiro Sousa, de 93 anos, que morreu dentro do hospital. Outerelo disse que, depois de cobrar, recebeu do hospital ressarcimento pelas despesas com o funeral.

"Eu chegava ao hospital e meu irmão estava molhado, com secreção no braço, com pressão alta", contou Invanil Claudino, irmã de Virgilio Claudino da Silva, de 66 anos, "Eles são negligentes, não têm o menor respeito. Estou até hoje com minha filha doente, que me ajudava a cuidar dele, está com depressão e não consegue se levantar", disse Invanil.

Os familiares das vítimas disseram ainda que faltaram orientações e informações do hospital após a tragédia.

De acordo com Santoro, a instituição organizou um gabinete de crise e passou a se comunicar com os parentes das vítimas por e-mail e mensagens de WhatsApp. Além disso, o hospital convocou os médicos e distribuiu os profissionais nas casas de saúde para onde os pacientes foram levados após o incêndio. "A situação que ocorreu foi certamente uma catástrofe", lamentou.

Nova perícia

A delegada titular da 18ª Delegacia de Polícia, encarregada das investigações, Carina Bastos, informou que a Polícia Civil do Rio de Janeiro fará nova perícia no hospital. Segundo a delegada, ainda há pontos que precisam ser esclarecidos sobre as causas e o alastramento do fogo e da fumaça no incêndio de 12 de setembro. Ainda não há uma data definida para essa perícia. 

"O inquérito está em andamento, as investigações continuam. É um inquérito complexo, que depende de informações técnicas. Chegou o laudo pericial, mas entendi que ainda não é suficiente para chegar à conclusão, preciso de mais informações", acrescentou Carina.

Segundo a delegada, até o momento, o laudo das investigações indica que o incêndio começou em um dos geradores de energia, que, de acordo com os funcionários, era usado em horários de pico, das 17h30 às 20h, para economizar energia. Carina disse que ainda que havia pendências quanto à autorização para o funcionamento do hospital desde 2017. "Estavam sendo exigidas [pelo Corpo de Bombeiros] novas obras para para regularizar, e isso ficou pendente", lembrou a delegada.

De acordo com o advogado do Hospital Badim, Bernardo Kaiuca, a instituição tinha licenciamento do Corpo de Bombeiros desde a abertura. "Esse licenciamento não tem prazo de validade", afirmou.  

O diretor-geral de Serviços Técnicos do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, coronel Esteves, informou que a última vistoria foi feita em 2001. Ele explicou que, quando há mudanças no edifício, cabe aos responsáveis buscar novo aval. Segundo representantes do hospital, foram feitas mudanças que não afetaram a segurança.

Sobre o gerador, Kaiuca confirmou que era usado "em determinados horários e determinados dias. No horário do incêndio, estava funcionando."

De acordo com Kaiuca, o hospital tinha mais de 100 funcionários que foram submetidos a treinamento de brigadistas. No dia do incêndio, estavam no local, 33 funcionários treinados. Ao todo, havia no local 430 pessoas, entre pacientes, visitantes, acompanhantes e funcionários.

Comentarios

Previsão do tempo


MÁX

MIN

Estradas

Segurança

Colunas e Blogs

Geral

Política

Esporte

Variedades

Horóscopo Cigano

Horóscopo Cigano - 30 de julho a 6 de agosto

  • COROA - 30 de julho a 6 de agosto

     (20 DE ABRIL A 20 DE MAIO) Fase de revoluções onde você vira o jogo e busca respostas de uma maneira mais agressiva, é preciso ter cautela com as palavras para não ter problemas maiores. Cuidado para não confundir o seu relacionamento amoroso com suas questões profissionais. Bom momento para cuidar da sua saúde física e espiritual, buscando o equilíbrio para lidar com algumas questões particulares. Questões familiares são melhores resolvidas depois de uma conversa amiga.

  • CANDEIAS - 30 de julho a 6 de agosto

     (21 DE MAIO A 20 DE JUNHO) O momento não te favorece muito, porém tudo pode mudar dentro de um determinado tempo, basta você saber lidar com todas as situações e não se precipitar diante dos fatos. Cuide-se mais em questões profissionais, fuja do comodismo e arrisque um pouco mais, as questões que te rondam podem não estar favoráveis mas isso não quer dizer que você não tenha a capacidade para dar a volta por cima. Saiba lidar com todas as situações.

  • RODA - 30 de julho a 6 de agosto

     (21 DE JUNHO A 21 DE JULHO) Fase de renovação, de entusiasmo e muita fé, você se depara com boas respostas porém os dias esclarecem os assuntos e você passa a se preocupar menos, tudo começa a fazer mais sentido enfim até mesmo há uma melhora nas questões de saúde. O momento é de bons pensamentos, bons sentimentos enfim aquela nuvem de preocupações familiares começa a se dissipar e os dias ficam melhores, mais oportunos.

  • SINO - 30 de julho a 6 de agosto

     (23 DE AGOSTO A 22 DE SETEMBRO)  Momento de renovação, de fé e entusiasmo, você volta a agir diante das situações, consegue mudar o que for preciso e vai um pouco mais além daquilo que você precisa. As mudanças favorecem o seu astral, mas você precisa resolver certos assuntos pendentes, encarar de frente certas situações que acabaram te trazendo uma certa dor de cabeça. No amor tente entender a pessoa amada, muitas vezes voc~e age com grosseria sem necessidade.

  • MOEDAS - 30 de julho a 6 de agosto

     (23 DE SETEMBRO A 22 DE OUTUBRO) Você tende a mudar a sua maneira de agir nas questões profissionais, está mais tranquilo(a) diante dos assuntos financeiros porém ainda enfrenta certas dificuldades em particular. Controle-se diante dos fatos, busque a paz acima de tudo, deixe o tempo agir e liberte-se do passado vivendo uma vida mais equilibrada no presente. No amor tudo tende a ficar bem dentro de alguns dias, os relacionamentos começam a acontecer de maneira positiva.

  • ADAGA - 30 de julho a 6 de agosto

    ( 23 DE OUTUBRO A 21 DE NOVEMBRO) Fase de fé e determinação, momento de luz e boas energias astrais, você busca novidades para os seus caminhos, está decidido(a) a inverter as situações e seguir uma nova jornada muito mais positiva. Garra e determinação não vão faltar neste momento de mudanças radicais e sentimentos fortes e intensos, será preciso fôlego para seguir com seus bons planos. No amor será preciso tomar cuidado com as palavras pois sem querer você pode ofender a pessoa amada.

  • FERRADURA - 30 de julho a 6 de agosto

    (22 DE DEZEMBRO A 20 DE JANEIRO) Dias de luz e alegrias, momento de boas realizações e novidades que mudam o seu astral, é hora de agir diante das questões, favorecer a sua vida de maneira positiva. Concentre-se mais em seus objetivos, busque a paz espiritual para os seus caminhos, não se deixe levar pelos imprevistos que rondam a sua vida. Esqueça o passado e viva o presente, corra atrás dos seus objetivos com mais intensidade e muita fé.

  • TAÇA - 30 de julho a 6 de agosto

     (21 DE JANEIRO A 29 DE FEVEREIRO) Será preciso muito equilíbrio e muita compreensão de sua parte para virar o jogo diante das questões, não se deixe levar pelos fatos, faça o que for preciso para vencer seus obstáculos, deixe pra lá tudo aquilo que só atrapalha os seus caminhos, vá viver as suas oportunidades de maneira positiva sem se deixar levar pelos acontecimentos. Mudanças em sua maneira de pensar e de agir, reviravoltas favoráveis que trazem a ti uma alegria a mais para continuar, para criar uma nova história.

  • CAPELA - 30 de julho a 6 de agosto

     (20 DE FEVEREIRO A 20 DE MARÇO) Você decide seguir com mais fé e entusiasmo, porém ainda enfrenta certas situações de maneira firme e decidida, sabe que está enfrentando grandes batalhas porém ainda mantém o foco dos seus objetivos. Mudanças costumam acontecer em seus caminhos para que você aprenda a se desapegar de situações nada favoráveis. Tente manter o foco dos seus objetivos e se liberte de tudo aquilo que de uma certa maneira te perturba.

  • PUNHAL - 30 de julho a 6 de agosto

     (21 DE MARÇO A 20 DE ABRIL)  Momento de reorganizar seus planos buscando o equilíbrio diante de todos os assuntos.No amor tente ser compreensivo(a) para não resultar num término desnecessário. Tudo tem o tempo certo para acontecer portanto não insista em algo que ainda está longe de te dar uma resposta positiva, você pode estar perdendo tempo e outras boas oportunidades que com certeza te trarão melhores respostas profissionais e financeiras.

  • ESTRELA - 30 de julho a 6 de agosto

     (22 DE JULHO A 22 DE AGOSTO)  Fase de amor e fé, momento de boas realizações e de novidades que esclarecem os seus ideais, é hora de seguir em frente, aceitar os fatos e virar o jogo com mais entusiasmo e alegria, embora ainda existam certas questões a serem resolvidas você segue a sua intuição e as respostas surgem de maneira satisfatória em seus caminhos. Na busca de dias melhores tudo começa a acontecer de maneira positiva, você se liberta dos seus medos e encara uma nova jornada.

  • MACHADO - 30 de julho a 6 de agosto

     ( 22 DE NOVEMBRO A 21 DE DEZEMBRO) Boas vibrações, maravilhosas respostas, momento de luz e alegrias, fase de paz, de união e reviravoltas favoráveis em seus caminhos. Mudanças necessárias e oportunas surgem e você se depara com situações agradáveis que incentivam os seus bons projetos. Cuide-se bem sempre e não se deixe levar pelos imprevistos ao seu redor, continue focado(a) em seus objetivos pois você já sentiu que tudo tende a dar certo. No amor novas respostas surgem porém seu foco é outro nos dias de hoje.