Baixada Santista foi atingida por rajadas de ventos de até 150km/h | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Foto: Divulgação

Baixada Santista foi atingida por rajadas de ventos de até 150km/h

Região ainda se recupera dos estragos causados no domingo


29 de abril de 2019 às 11:42
Por Da Redação

A Baixada Santista registrou ventos de até 120km/h no último domingo, 29. As cidades da região ainda se recuperam dos estragos, causados principalmente pela queda de árvores.


Em Bertioga foi registrado um acumulado de 25mm de chuvas nas última 24 horas, além de ventos de 55 a 120 km/h. A Defesa Civil registrou algumas quedas de galhos de árvores e uma casa destelhada.


Participe dos nossos grupos ℹ  https://bit.ly/2V5uzJq 🕵♂ Informe-se, denuncie!


Em Guarujá, a Defesa Civil informou que, de acordo com a Central do Tempo, a máxima dos ventos no município foi de 109.4 km/h, registrado às 16h14 de domingo, 28. Houve várias quedas de árvores e não há registro de vítimas. As equipes de Defesa Civil continuam ao atendimento das ocorrências em conjunto com equipes da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) e Corpo de Bombeiros. Até o momento, o órgão atendeu o chamado de 42 quedas de árvores, sendo que 25 já foram retiradas das vias, pois ofereciam risco a moradias. Outras árvores de grande porte necessitam apoio de outros órgãos.


Participe dos nossos grupos ℹhttp://bit.ly/CNGUARUJA2  🕵‍♂ Informe-se, denuncie!


A prefeitura de Guarujá informou que houve consequências também ao trânsito, com problemas nos semáforos, que logo foram sanados. Somente o semáforo na rua do Adubo não está em funcionamento em decorrência da falta de energia no local.


Em Santos foram registradas rajadas de ventos de até 150km/h (às 16h28 de domingo), que causaram o registro de 69 ocorrências na Defesa Civil, além da queda de 56 árvores, e uma pessoa ficou ferida ao ser atingida por uma árvore.  O índice pluviométrico das últimas 72 horas é de 17mm, e os morros permanecem em estado de atenção. Além das quedas de árvores, Santos também registrou destelhamento de casas, deslizamento de terra. A distribuição de energia elétrica também foi comprometida.


Na cidade de Cubatão, a Comissão Municipal de Defesa Civil informou a queda de uma árvore no Jardim Casqueiro e a falta de energia elétrica em algumas localidades, porém restabelecida em pouco tempo. O acumulado de chuva até a manhã desta segunda-feira, 29, foi de 24mm.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral