IPT elabora Plano Municipal de Redução de Riscos para São Sebastião | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Foto: Divulgação/IPT

IPT elabora Plano Municipal de Redução de Riscos para São Sebastião

Cinquenta e dois setores sujeitos a deslizamentos foram mapeados em quatro meses


18 de abril de 2019 às 11:41
Por Da Redação

Em projeto da Seção de Investigações, Riscos e Desastres Naturais do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) em São Sebastião, cinquenta e dois setores sujeitos a deslizamentos de terra foram levantados no mapeamento de áreas de risco da cidade do estado de São Paulo.

O trabalho foi feito entre os meses de agosto e dezembro de 2018, no âmbito do Programa de Apoio Tecnológico aos Municípios (Patem), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, para a proposição do Plano Municipal de Redução de Riscos (PMRR).

O pesquisador e chefe da seção no IPT, Fabrício Araújo Mirandola, explica: “O relatório determina os parâmetros para a implantação e o desenvolvimento de uma política pública municipal de gestão de riscos em áreas de ocupação precária do município, em uma gestão participativa, relacionando diversos estudos no sentido de garantir a objetividade em relação à realidade de riscos do município”.

O levantamento contemplou a identificação e a análise das áreas de risco sujeitas a deslizamentos de terra e também a inundações, a indicação de intervenções estruturais e não estruturais naquelas que apresentaram setores de risco alto (R3), a determinação da estimativa de custos para as intervenções estruturais, a priorização das intervenções e o levantamento de fontes de financiamento.

 Os resultados do mapeamento para movimentos de massa (deslizamentos) indicaram 16 setores de risco alto, com 161 moradias, e 36 setores de monitoramento, com 2.043 moradias, em um total de 52.

Foram também vistoriadas para os processos de inundações 16 áreas e encontrados 34 setores, dos quais dois foram identificados como risco alto e 32 de monitoramento. Do total de 34 setores, seis estão relacionados a processos de alagamentos e 28 a inundações. O levantamento contabilizou 4.032 moradias no total.

IPT

O IPT é um instituto vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo e há mais de cem anos colabora para o processo de desenvolvimento do País. Um dos maiores institutos de pesquisas do Brasil, o IPT conta com laboratórios capacitados e equipe de pesquisadores e técnicos altamente qualificados, atuando basicamente em quatro grandes áreas - inovação, pesquisa & desenvolvimento; serviços tecnológicos; desenvolvimento & apoio metrológico, e informação & educação em tecnologia.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral