Animais recebem cuidados e vão para adoção em pet shops | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Foto: Susan Hortas/PMS

Animais recebem cuidados e vão para adoção em pet shops

Cachorros resgatados pela Codevida estão nas vitrines da Petz e Petland


16 de abril de 2019 às 16:39
Por Da Redação
Foto: Susan Hortas/PMS

Foto: Susan Hortas/PMS

Foto: Susan Hortas/PMS

Foto: Susan Hortas/PMS

As vitrines dos pet shops Petland e Petz, em Santos, tem animais da Coordenadoria de Defesa da Vida Animal da prefeitura de Santos (Codevida) em exposição. A iniciativa traz animais adultos para receberem cuidados na lojas e quem sabe conseguirem um tutor para cuidá-los.

A Codevida fica na avenida Francisco Manoel s/nº, no Jabaquara e abriga 150 cães e gatos que aguardam um novo lar.  A Petland fica na avenida Epitácio Pessoa, 229, Embaré e a Petz, na avenida Ana Costa, 215, Gonzaga.

A parceria mais antiga da Codevida é com a Petland, iniciada no ano passado, e que já resultou em mais de 100 adoções. Já com a Petz foi iniciada em março, após a rede anunciar que não venderia mais animais, conforme explica a responsável pela Codevida, Leila Abreu: “Quando a loja da Petland estava sendo montada, a Codevida foi procurada para acompanhar a obra e auxiliar a respeito de como seriam as baias em que os animais para adoção ficariam. Já a Petz nos acionou após a decisão nacional e, além de Santos, nossos animais também estão na Petz do bairro Pompeia, na Capital".

Todos os cães e gatos disponibilizados para adoção já estão castrados, vermifugados, vacinados e microchipados. Geralmente, os animais com temperamento mais tranquilo são colocados em exposição nas lojas. Para adotar um animal na Petz é necessário preencher um formulário e aguardar o retorno da Codevida. Já na Petland é só deixar um contato e a Codevida se encarrega de levantar as informações.

Animais de grande porte são entregues na residência do adotante, para que os técnicos da Codevida avaliem as condições do ambiente. Gatos são doados apenas para pessoas que residam em apartamentos com telas nas janelas.

Animais adultos

Leila explicou que a intenção é incentivar a adoção de animais adultos, que ainda são rejeitados. “Por isso, os abrigos tendem a ficar lotados, com adultos nas baias, enquanto os filhotes são doados”. Cães com pelagem preta e gatos ‘frajolas’ (preto e branco) também costumam ficar mais tempo a espera de um lar – mesmo que filhotes.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral