Empresários organizam protesto na Tamoios em Caraguatatuba | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Foto: Reginaldo Pupo

Empresários organizam protesto na Tamoios em Caraguatatuba

Marcado para o próximo dia 22, o ato pacífico será contra os constantes fechamento da rodovia, em dias de chuva


03 de abril de 2019 às 14:02
Por Reginaldo Pupo

Um protesto organizado por empresários de Caraguatatuba, marcado para acontecer no próximo dia 22 de abril, a partir das 10 horas, no início do trecho de serra da rodovia dos Tamoios, deverá chamar a atenção para os problemas enfrentados por moradores, empresários e turistas, com os constantes fechamentos da rodovia em dias de chuvas intensas. 


A Concessionária Tamoios, administradora  da via que liga o litoral norte ao Vale do Paraíba, interdita o trecho de serra todas as vezes que o acumulado de chuvas ultrapassa 100mm acumulados em 72 horas, por medida de segurança, uma vez que em situações como essa, há a ocorrência de quedas de barreiras.


A Associação Comercial e Empresarial de Caraguatatuba (ACE) informou que o protesto será pacífico, sem interferência no trânsito da via. Um ofício elaborado por membros da ACE, da Associação de Quiosques, Associação de Hotéis e Pousadas, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Conselho Municipal de Turismo e por empresários de diversos setores foi encaminhado ao governador João Doria, à Agência Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e à Dersa. No documento, eles cobram ações emergenciais para contenção das encostas. O trade turístico da cidade estuda a possibilidade de ingressar com uma ação na Justiça para reforçar as cobranças.


Entre as queixas do trade estão os prejuízos que os comerciantes vêm registrando com as constantes interdições da rodovia, além de prejudicar estudantes universitários e pacientes do sistema de saúde, que ficam impedidos de viajar.


Em nota, a Artesp informou que vem acompanhando as interdições realizadas pela concessionária. “A prioridade desse plano de contenção é a preservação da vida, por isso são seguidos protocolos rígidos com base em extensa literatura que serve como base para os critérios estabelecidos, aprovados por esta Agência. A concessionária tem seu sistema de monitoramento, que também é acompanhado pelo Centro de Controle de Informações (CCI) da Artesp em tempo real, reforçando assim a eficiência da operação de restrição do tráfego em situações de risco".


A estatal informou ainda que as ocorrências deverão diminuir com o término das obras de duplicação do trecho de serra. “Na futura configuração da Tamoios, a nova pista será utilizada para a subida da serra, enquanto a pista atual ficará reservada para a descida. Caso seja necessário fechar a pista sentido Litoral por risco de deslizamento, seguindo os protocolos de segurança, a nova pista poderá ser operacionalizada para ter dois sentidos, com uma faixa sentido Planalto e uma faixa sentido Litoral".

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral