Estudante de Ilhabela é acusado de fazer apologia ao massacre de Suzano | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Escola estadual Dr. Gabriel Ribeiro
Escola estadual Dr. Gabriel Ribeiro Foto: Reprodução/Internet

Estudante de Ilhabela é acusado de fazer apologia ao massacre de Suzano

Por meio de nota oficial, a prefeitura disse repudiar o ato, que classificou de “brincadeira de mau gosto”


19 de março de 2019 às 10:35
Por Reginaldo Pupo

Um estudante da escola estadual Dr. Gabriel Ribeiro, de Ilhabela, provocou revolta entre pais e alunos após postar nas redes sociais fotos nas quais ele aparece vestido com roupas pretas e fazendo apologia ao massacre da cidade de Suzano, que deixou 10 mortos na semana passada.


O nome do aluno está sendo mantido em sigilo pela direção da unidade escolar, que conversou com o estudante e seus pais e solicitou a retirada das postagens. O caso motivou a prefeitura de Ilhabela a emitir uma nota oficial, na qual diz repudiar o ato, que classificou de “brincadeira de mau gosto”.


Ainda segundo a nota, a secretária municipal de Educação, Ana Paula dos Santos, entrou em contato com a direção da escola para solicitar e orientar o aluno para a retirada das fotos postadas. A reportagem não conseguiu apurar se, por medo, alunos deixaram de frequentar as aulas por causa da postagem, como ocorreu em diversas cidades do país.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral