Chuvas interditam rodovias, causam alagamentos e deixam desalojados no litoral norte | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Km 116 da rodovia Rio-Santos, em São Sebastião, onde parte do acostamento cedeu devido a um deslizamento de terra
Km 116 da rodovia Rio-Santos, em São Sebastião, onde parte do acostamento cedeu devido a um deslizamento de terra Foto: Divulgação

Chuvas interditam rodovias, causam alagamentos e deixam desalojados no litoral norte

No Km 116 da rodovia Rio-Santos, na altura do bairro Enseada, em São Sebastião, parte do acostamento cedeu devido a um deslizamento de terra


11 de março de 2019 às 10:06
Por Reginaldo Pupo
Km 116 da rodovia Rio-Santos, em São Sebastião, onde parte do acostamento cedeu devido a um deslizamento de terra
Km 116 da rodovia Rio-Santos, em São Sebastião, onde parte do acostamento cedeu devido a um deslizamento de terra Foto: Divulgação

 Ponto de bloqueio da rodovia dos Tamoios, que está interditada desde e a noite do último domingo, sem previsão de liberação
Ponto de bloqueio da rodovia dos Tamoios, que está interditada desde e a noite do último domingo, sem previsão de liberação Foto: Divulgação

As chuvas que atingem o litoral norte desde a tarde do  domingo, 10, causaram a interdição da rodovia dos Tamoios, deslizamentos de terra em diversos pontos da rodovia Rio-Santos, alagamentos de ruas, casas e comércios em diversos bairros dos quatro municípios que compõem a região e, consequentemente, muitos estragos.


A Concessionária Tamoios, que administra a rodovia dos Tamoios, apurou por intermédio de seus pluviômetros espalhados pela via, que choveu mais de 100mm, o que provocou a interdição do trecho de serra na noite do domingo, 10. Segundo a empresa, após a interdição preventiva do trecho foram registrados três pequenos pontos de deslizamentos nos kms 69, 73 e 79.


A concessionária fecha a rodovia, por medida de segurança, toda vez que os índices pluviométricos ultrapassam os 100mm acumulados nas últimas 72 horas. A empresa afirmou que equipes trabalham na limpeza dos locais e realizam o monitoramento das encostas. Mesmo com a finalização da limpeza, o trecho permanecerá interditado por questões de segurança.


A alternativa para quem precisa ir ao Vale do Paraíba ou São Paulo é acessar as rodovias Oswaldo Cruz, que liga Ubatuba a Taubaté, ou a Mogi-Bertioga.


Em São Sebastião, um deslizamento de terra comprometeu um pequeno trecho do acostamento da rodovia Rio-Santos, no km 116, altura do bairro Enseada. O asfalto cedeu, fazendo com que o trânsito flua no sistema “pare e siga”. O local está sendo monitorado pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Defesa Civil e Polícia Rodoviária.


Caraguatatuba


Em Caraguatatuba, as chuvas deixaram nove pessoas desalojadas, entre elas, dois idosos e uma criança, que estão sendo acolhidas no Centro Esportivo Ubaldo Gonçalves (Cemug). Elas tiveram suas casas alagadas no bairro Capricórnio, localizado na região norte da cidade. Os nove cachorros da família também foram acolhidos.

O Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden) indica um acumulado de chuvas de 188,17mm na região norte da cidade, especialmente no bairro Tabatinga, durante a madrugada desta segunda-feira, 11.


Segundo a prefeitura, a água está escoando e a maré baixando, porém há previsão de mais chuva ainda hoje. Segundo o Plano Preventivo da Defesa Civil (PPDC), este acumulado de chuvas já coloca a cidade em estado de atenção.


Segundo a Secretaria de Educação de Caraguatatuba, foram suspensas as aulas em cinco unidades escolares. O transporte de universitários para outras cidades do Vale do Paraíba não foi realizado.


O DER monitora o trecho na Região do Casa Branca/Olaria e também no Jetuba, onde meia pista está liberada por causa de alagamentos.


Abastecimento de água


A Sabesp interrompeu o abastecimento de água na região do Massaguaçu, em Caraguatatuba, em razão do grande volume de chuva que atingiu a região durante toda a madrugada, assoreando as captações e consequentemente, o tratamento da água.


Além do Massaguaçu, são afetados os bairros Capricórnio I, II e III, Cocanha, Delfim Verde, Capricórnio, Fazendinha, Jetuba, Jardim do Sol, Mococa, Morada do Mar, Morro do Chocolate, Parque Imperial, Parque Patrimônio, Santa Rosa e Verde Mar, totalizando seis mil ligações. O reabastecimento estava programado para ser normalizado a partir das 12h, de forma gradativa.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral