Entrada de Santos: reformulação continua em março | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Foto: Divulgação/Ecovias

Entrada de Santos: reformulação continua em março

A partir de março, estão previstas intervenções na altura do km 62 e do km 64 da via Anchieta e também na avenida Bandeira


06 de março de 2019 às 17:25
Por Da Redação

Em continuidade às obras de reformulação da entrada de Santos, a Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, dará início, no mês de março, à construção da passarela na altura do km 64 da via Anchieta.

Para isso, a concessionária vai retirar a rampa existente entre a av. Bandeirantes e pista norte da Anchieta e irá criar uma rampa provisória, ao lado, garantindo a funcionalidade da passarela e reduzindo os impactos aos usuários.

Por conta dessa alteração, a Ecovias também irá remanejar o ponto de ônibus que fica no trecho, recuando-o cerca de 200 metros para a direção de Santos. Dessa forma, tanto os pedestres quanto os ônibus vão continuar trafegando normalmente pelo local.

A construção do viaduto localizado na altura do km 62 da via Anchieta, que até então estava recebendo estacas no lado da rodovia, agora irá receber fundações dentro do bairro Jardim Piratininga, em Santos.

Ao mesmo tempo, a Ecovias dará início aos trabalhos de terraplenagem das alças que ligarão esse viaduto à av. Bandeirantes. Ainda durante o mês de março, será dada continuidade aos trabalhos de remanejamento das adutoras sob a av. Bandeirantes.

Além disso, a concessionária prosseguirá com a execução dos pilares e vigas pré-fabricadas do viaduto Anchieta, na altura do km 65; das fundações do novo viaduto Alemoa, que futuramente ligará o porto à pista norte da Anchieta, e das fundações da nova passarela que será construída na altura do km 62 da rodovia. Os serviços de terraplanagem, pavimentação e drenagem ao longo do trecho da obra também continuam.

Com investimentos de R$ 270 milhões, a entrada de Santos está sendo totalmente remodelada entre o km 59 e km 65 da rodovia Anchieta, para que o tráfego de entrada e saída da cidade ocorra apenas pelas pistas centrais, enquanto fluxo do porto se dê pelas pistas laterais.

Para isso, a via marginal da Anchieta, que atualmente opera em mão dupla, será adaptada para funcionar apenas no sentido do Litoral, enquanto a SP-148 (avenida Bandeirantes), sob jurisdição do DER, será adequada para operar apenas na direção da capital.

As obras preveem ainda a construção de três viadutos, nos km 62, km 64+560 e km 65; a implantação de vias locais para facilitar o acesso aos bairros Jardim São Manoel e São Jorge; uma ciclovia do km 60 ao km 65 da rodovia, ligando Jardim Casqueiro e Vila dos Pescadores, em Cubatão; a malha cicloviária de Santos e a implantação de duas novas passarelas nos km 62+500 e km 64+350, em substituição às existentes nestes locais.  

A nova configuração elimina os conflitos viários existentes atualmente, melhora o acesso da via Anchieta aos bairros do entorno e à zona portuária, aumenta a capacidade de tráfego na região e oferece mais segurança viária aos usuários da rodovia.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral