Morador de Santos que viajou no navio MSC Seaview contrai sarampo | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral

Morador de Santos que viajou no navio MSC Seaview contrai sarampo

Uma ação para bloquear o quarteirão do paciente está sendo planejada para este domingo, 3


02 de março de 2019 às 17:10
Por Da Redação

A Seção de Vigilância Epidemiológica (Seviep) da Secretaria de Saúde de Santos recebeu na tarde de sexta, 1º, a confirmação do Instituto Adolfo Lutz de um caso de sarampo em morador de Santos que viajou no navio MSC Seaview entre os dias 2 e 9 de fevereiro.

Seguindo os protocolos técnicos, será realizada nas próximas 72 horas a investigação epidemiológica na casa do paciente e planejada ação de bloqueio no domingo, 3, para o quarteirão na residência do morador, no bairro do Gonzaga. Neste sábado, 2, serão divulgadas as ruas em que ocorrerá ação da equipe de Saúde. 

Na última segunda, 25, o munícipe apresentou sintomas similares da doença e procurou a policlínica do bairro, quando recebeu orientação médica de permanecer em casa e se afastar do trabalho e atividades sociais.

Amostras nasal, de sangue e urina foram colhidas e enviadas no mesmo dia ao Instituto Adolfo Lutz para análise. Os familiares do paciente já receberam dose da vacina como prevenção. 

O calendário do Ministério da Saúde prevê imunização contra o sarampo aos 12 meses (primeira dose) e aos 15 meses (segunda dose). No ano passado (2018), 4.299 crianças de um ano de idade tomaram a vacina SCR (sarampo, caxumba e rubéola) – 95,19% do público-alvo (4.516 crianças), acima da meta mínima de cobertura estabelecida, que era de 95%.

Mesmo quem foi imunizado na infância deve passar por nova fase de vacinação. Até 29 anos, são duas doses e, entre 30 e 59, uma dose. No segundo semestre deste ano haverá dia de multivacinação, incluindo contra sarampo. 

As primeiras suspeitas de possível doença contagiosa entre tripulantes do MSC Seaview surgiram no dia 16, o que mobilizou equipes da Saúde para ação de bloqueio.

Cerca de 5.600 passageiros, entre os que desembarcaram e os que iniciavam viagem, foram imunizados contra sarampo, caxumba e rubéola. Até o momento, foram confirmados 16 casos de sarampo entre os profissionais que atuam no navio.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral