Sabesp e prefeitura anunciam R$ 201,4 milhões para implantar 100% de esgoto em Ilhabela | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Praia de Itaguaçú, uma das muitas impróprias para o banho de mar
Praia de Itaguaçú, uma das muitas impróprias para o banho de mar Foto: Reginaldo Pupo/JCN

Sabesp e prefeitura anunciam R$ 201,4 milhões para implantar 100% de esgoto em Ilhabela

Arquipélago vive crise sanitária com praticamente todas as praias impróprias para banho há cerca de 15 dias


08 de fevereiro de 2019 às 17:41
Por Reginaldo Pupo

A Sabesp e a prefeitura de Ilhabela investirão R$ 201,4 milhões, para universalizar os serviços de saneamento básico no município, que vive uma crise sanitária, com praias impróprias há, ao menos, 15 dias. Os projetos executivos dos sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário de Ilhabela foram entregues na última quinta-feira, 7, ao prefeito Márcio Tenório.


Do total dos valores que serão investidos, R$ 99,9 milhões serão destinados aos serviços de esgoto e R$ 101,5 milhões para o abastecimento de água por parte da Sabesp e da prefeitura. As obras, no entanto, estão previstas para ser encerradas em 2027. O prazo anterior, estabelecido pela Sabesp, era de 30 anos para universalizar o esgoto de Ilhabela, que, atualmente, tem apenas 50% de coleta e tratamento primário.


Dentre os principais empreendimentos, estão dois novos sistemas de abastecimento de água – Água Branca e Pombo –, além de projeto de dessalinização e combate às perdas de água. Os sistemas de esgoto serão construídos na Praia Grande, Curral, Feiticeira, Portinho, Siriúba e Itaquanduba.


A Sabesp diz já ter entregue à administração municipal a documentação para dar sequência no processo de tratativas para a contratualização dos serviços entre a companhia e o município. Foram entregues os planos de contingência para o Carnaval de 2019, para a temporada 2019/2020 e a temporada 2021/22. Também foram entregues uma minuta de lei autorizativa complementar e a compatibilização do Plano de Investimento da Sabesp com o Plano Municipal de Saneamento do Município.


Os próximos passos são a aprovação da lei autorizativa, a consulta púbica ao Plano Municipal de Saneamento e, na sequência, sua aprovação. A proposta é estabelecer um contrato de 30 anos pelo qual município e Sabesp poderão investir em conjunto e buscar a universalização do atendimento.


O prefeito agradeceu ao governador de São Paulo João Dória e ao diretor-presidente da Sabesp Benedito Braga, que atenderam às dificuldades do município. “Avançamos muito em 2018 e tenho certeza que em 2019 avançaremos muito mais com esses projetos”.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral