Morte por febre amarela em Bertioga é descartada | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Ministério da Saúde inaugura nova linha de produção da vacina de febre amarela. Embu das Artes (SP), 25/01/2018. Foto: Rodrigo Nunes/MS
Ministério da Saúde inaugura nova linha de produção da vacina de febre amarela. Embu das Artes (SP), 25/01/2018. Foto: Rodrigo Nunes/MS Foto: Rodrigo Nunes/MS

Morte por febre amarela em Bertioga é descartada

Prefeitura havia divulgado óbito, mas autópsia descartou a doença


31 de janeiro de 2019 às 17:08
Por Da Redação

Após segunda análise, a prefeitura de Bertioga, por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde, informou que o óbito suspeito por febre amarela divulgado recentemente, não teve como causa mortis febre amarela.O caso foi divulgado pela prefeitura em 20 de janeiro.

O paciente de 23 anos, morador de Bertioga e que trabalhava em São Sebastião, segundo conclusão final do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) da Secretaria de Estado da Saúde, teve como causa do óbito complicações de rabdomiólise grave, com insuficiência renal aguda e edema pulmonar.

A sorologia (IgM) positiva de febre amarela atribuída inicialmente foi considerada como reação cruzada, devido ao quadro inflamatório sistêmico apresentado pelo paciente, no momento da coleta. A autópsia também descartou febre amarela.

Portanto, com a exclusão do diagnóstico, o município de Bertioga não registra casos confirmados, suspeitos, tampouco em investigação de febre amarela.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral