Mais de 2,2 mil estão com a vacina de HPV atrasada em Santos | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Foto: Reprodução/Internet

Mais de 2,2 mil estão com a vacina de HPV atrasada em Santos

Crianças e jovens devem tomar a segunda dose da vacina nas policlínicas da cidade


30 de janeiro de 2019 às 15:33
Por Da Redação

Ao longo de 2018, 2.237 crianças e jovens tomaram a primeira dose da vacina contra o HPV. No entanto, não tomaram a segunda dose, que deve ser dada seis meses após a primeira. Mas ainda há tempo: basta procurar a policlínica e completar o esquema de vacinação. 

“Com essa vacina, a gente garante que a pessoa não irá desenvolver diversas doenças, inclusive câncer. É de extrema importância. Fazemos um apelo aos pais e responsáveis para que revisem as carteiras de vacinação e levem essas crianças e jovens para tomar a segunda dose da vacina, porque só assim elas estarão 100% protegidas”, destaca Ana Paula Valeiras, chefe do Departamento de Vigilância em Saúde. 

No segundo semestre de 2018, foram enviados avisos às famílias dos alunos das escolas municipais, por meio do Programa Saúde na Escola (PSE), sobre a importância e a obrigatoriedade de vacinar contra o HPV.

A declaração de vacinação em dia, emitida pelas policlínicas para efeito de rematrícula na rede municipal, também considera a imunização do HPV. 

Os agentes comunitários de saúde também comunicam durante as visitas domiciliares os pais e responsáveis dos jovens com as doses em atraso para que retornem às unidades.

A vacina

Na rede pública, o Ministério da Saúde determinou que devem tomar a vacina contra o HPV as meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. A vacina já foi incluída no calendário, de forma que está disponível o ano todo nas policlínicas. 

HPVs são vírus que infectam a pele ou as mucosas, por meio do contato direto, não necessariamente apenas por meio de relação sexual, podendo ser transmitido também da mãe para o filho no momento do parto. 

Existem mais de 150 tipos de HPVs, alguns causadores de câncer como na vagina, vulva, colo de útero, ânus, pênis, boca e garganta.

Onde vacinar: 

Orla 

Aparecida (Av. Pedro Lessa, 1.728)

Campo Grande (Rua Carvalho de Mendonça, 607)

Embaré (Praça Coronel Fernando Prestes s/nº)

Gonzaga (Rua Assis Correia, 17)

José Menino / Pompeia (Av. Mal. Floriano Peixoto, 201)

Ponta da Praia (Praça 1º de Maio s/nº)

 

Centro/Área Continental

Conselheiro Nébias (Av. Conselheiro Nébias, 514, Encruzilhada)

Vila Mathias (Rua Xavier Pinheiro, 284, Encruzilhada)

Vila Nova (Praça Iguatemi Martins s/nº)

Caruara (Rua Andrade Soares s/nº)

Martins Fontes (Rua Luiza Macuco, 40, Vila Mathias)

Monte Cabrão (Praça Andrade Soares, 800)

 

Zona Noroeste

Alemoa e Chico de Paula (Rua Afonsina Proost de Souza s/nº)

Bom Retiro (Rua João Fraccaroli s/nº)

Rádio Clube (Av. Hugo Maia s/nº)

São Manoel (Praça Nicolau Geraigire s/nº)

São Jorge e Caneleira (Rua Francisco Ferreira Canto, 351, São Jorge)

Castelo (Rua Francisco de Barros Melo, 184)

 

Morros

Marapé (Rua São Judas Tadeu, 115).

Nova Cintra (Rua José Ozéas Barbosa s/nº)

São Bento (Rua das Pedras s/nº)

Valongo (Rua Prof. Maria Neusa Cunha s/nº, Saboó)

Morro José Menino (Rua Doutor Carlos Alberto Curado, 77 A)

Morro da Penha (Rua Três, 150)

Monte Serrat (Praça Correa de Melo s/n°)

Morro Vila Progresso (Rua Três, casas 1 e 2, Vila Telma)

Morro Santa Maria (Rua Um s/n°)

Jabaquara (Av. Rangel Pestana, 475).

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral