Vigilância interdita fábrica de gelo clandestina em Guarujá | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Foto: Divulgação/PMG

Vigilância interdita fábrica de gelo clandestina em Guarujá

Local foi penalizado por utilizar água de procedência duvidosa


30 de janeiro de 2019 às 13:05
Por Da Redação

A Vigilância Sanitária de Guarujá interditou, definitivamente, uma fábrica de gelo instalada no bairro Jardim Las Palmas. A ação ocorreu na terça-feira, 29.


A prefeitura informou que o local funcionava clandestinamente e sofreu a penalidade por utilizar água de procedência duvidosa. A primeira visita dos fiscais da Secretaria Municipal de Saúde aconteceu na quinta-feira, 24.

 

Durante a inspeção, o dono do local também não soube explicar a procedência da água e não possuía qualquer documentação que regulamentasse a atividade. A Vigilância identificou também que o gelo comercializado não apresentava as informações técnicas obrigatórias na embalagem como: CNPJ, nome do responsável técnico e razão social, por exemplo.

 

De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde da prefeitura, Marco Antonio Chagas da Conceição, a fábrica de gelo clandestina não tinha qualquer condição de manter seu funcionamento. Disse ele: “Ao chegar no local, percebemos uma bomba que, de maneira improvisada, fornecia água para a fabricação do gelo. Também havia ali um filtro caseiro, dois freezers e nenhum equipamento industrial”.

 

O consumo de gelo requer cuidados, e por isso é preciso estar atento a algumas recomendações como: saber se a empresa está regularizada, se possui licença de funcionamento, verificar na embalagem a procedência do gelo. Ao consumir gelo de caráter duvidoso, a pessoa fica sujeita a qualquer tipo de infecção alimentar. A Vigilância Sanitária de Guarujá tem realizado fiscalizações e vistorias nas fábricas de gelo da cidade.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral