Chuvas deixam 45 pessoas desalojadas em São Sebastião | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Foto: Recebido Via WhatsApp

Chuvas deixam 45 pessoas desalojadas em São Sebastião

Ao menos 21 delas foram encaminhadas para a escola municipal do bairro Topolândia, onde está sendo concentrado o abrigo para as vítimas


26 de janeiro de 2019 às 12:44
Por Reginaldo Pupo

A forte chuva que atingiu São Sebastião nesta sexta-feira, 25, alagando ruas, casas e comércios, deixou também 45 pessoas desalojadas em bairros da região central, segundo a prefeitura.


Ao menos 21 delas foram encaminhadas para a escola municipal do bairro Topolândia, onde está sendo concentrado o abrigo para as vítimas.


O restante preferiu ficar em casa de familiares. A informação foi divulgada às 20h30 do mesmo dia.


Segundo a Defesa Civil, os desalojados moram nos bairro Varadouro, Topolândia, Itatinga, e Morro do Abrigo e terão suas casas vistoriadas pelo órgão para que possam retornar com segurança



Uma enxurrada no bairro São Francisco levou um carro que estava estacionado para o mar e arrancou bloquetes de uma rua.


A rodovia Rio-Santos chegou a ficar interditada, devido à queda de barreiras e de uma árvore no bairro Praia das Cigarras.



A Coordenadoria da Defesa Civil de São Sebastião decretou estado de Alerta, depois de seis horas ininterruptas de chuva e 173 milímetros de acúmulo de água, o equivalente a 56% do esperado para todo o mês de janeiro.



A prefeitura enviou caminhões e equipes da Secretaria de Serviços Públicos para limpeza das vias públicas. Uma equipe foi destacada para o bairro São Francisco, um dos mais atingidos.



O prefeito Felipe Augusto, que viu o prédio do Paço Municipal inundar após o córrego que passa ao lado transbordar, ajudou a socorrer 12 crianças que ficaram ilhadas na creche Meire Vasques dos Santos, no bairro Topolândia, um dos mais atingidos.


Elas foram encaminhadas para uma creche no mesmo bairro, até que seus pais as buscassem. Para não serem atingidas pela água da chuva, as professoras colocaram as crianças em cima das carteiras.


Solidariedade

O Fundo Social de Solidariedade disse ter providenciadoa a entrega de colchões, alimentos e roupas para as famílias desalojadas.


A Secretaria Municipal de Educação também encaminhou equipe de merendeiras para cuidar da alimentação das famílias que permanecerão no local até que tenham condições seguras de voltar para suas residências.

O governo municipal reforçou que o ponto de abrigo das famílias será a EM Topolândia, o Centro de Triagem ficará no Centro Comunitário da Topolândia e, caso haja a necessidade, o Gabinete de Crise deverá ser instalado no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) também no bairro da Topolândia.



O Fundo Social de Solidariedade de São Sebastião está arrecadando doações de toalhas de banho para vítimas.  


Também estão sendo arrecadados produtos de higiene pessoal, alimentos, produtos de limpeza e roupas de cama. As doações podem ser entregues no Fundo Social de Solidariedade, localizado na rua Capitão Luís Soares, 33, Centro. Mais informações (12) 3892-4991.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral