Bando armado ataca e explode dois carros-fortes na Tamoios. Dois seguranças feridos | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
| Autor: Reprodução Whatsapp

Bando armado ataca e explode dois carros-fortes na Tamoios. Dois seguranças feridos

Bandidos fizeram barreira com explosivos para atacar os blindados. Rodovia está há mais de quatro horas interditada


21 de janeiro de 2019 às 06:34
Por Reginaldo Pupo
Bandidos estavam fortemente armados
Bandidos estavam fortemente armados Foto: Reprodução WhatsApp

Carro forte ficou totalmente destruído
Carro forte ficou totalmente destruído Foto: Reprodução WhatsApp

Bandidos estavam fortemente armados
Bandidos estavam fortemente armados Foto: Reprodução WhatsApp

Bandidos estavam fortemente armados
Bandidos estavam fortemente armados Foto: Reprodução WhatsApp

Motoristas que trafegavam pela rodovia dos Tamoios (SP-55) viveram momentos de pânico ao se depararem com um assalto a três carros-fortes que seguiam em comboio do litoral norte sentido São José dos Campos, no início da noite desta segunda-feira, 21.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, os bandidos, fortemente armados, fizeram uma barreira na pista da rodovia, com explosivos, e aguardaram os carros-fortes se aproximarem, para, então, acionar a detonação. Dois dos veículos foram atingidos e pegaram fogo. O terceiro carro-forte rompeu a barreira de proteção da rodovia e conseguiu fugir pela contramão. Dois vigilantes foram atingidos por estilhaços e socorridos por uma ambulância da concessionária que administra a rodovia para o hospital de Caraguatatuba.

Segundo testemunhas, dois homens portando armas de grosso calibre ordenavam que os motoristas dessem marcha à ré. “Ouvimos uma explosão, achamos que seria um pneu de um caminhão que tinha estourado, mas mais à frente, demos de cara com o assalto. Vimos dois homens mandando a gente e outros carros retornarem. Não pensamos duas vezes, voltamos e nos abrigamos num lugar longe dali”, relata a representante de vendas Fernanda Gomes de Souza, 32, que voltava para São José dos Campos após trabalhar durante todo o dia no litoral norte.

Após levar o dinheiro dos dois carros-fortes, os bandidos fugiram, segundo as testemunhas, em duas SUVs, uma Sorento e uma Santa Fe, ambas de cor prata, pela rodovia que liga Paraibuna a Salesópolis, cujo acesso fica a cerca de 500 metros do ataque.

Diversas viaturas do Batalhão de Ações Especiais (Baep) de São José dos Campos e a Polícia Rodoviária chegaram ao local para atender à ocorrência. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), da Polícia Militar, foi acionado, pois diversos explosivos não detonados foram deixados para trás. Até às 23h o grupo, que saiu de um batalhão de São Paulo, não havia chegado à rodovia dos Tamoios, que continuava interditada desde o horário da ação.

Em nota, a empresa Protege, proprietária dos carros-fortes, confirmou que foi vítima de uma ação criminosa na rodovia dos Tamoios e informou que encaminhou uma equipe para prestar assistência aos vigilantes e que está colaborando com as autoridades na investigação.

A Concessionária Tamoios informou, na noite do ataque, que "devido à tentativa de assalto a carro-forte na rodovia dos Tamoios, a rodovia está interditada na altura do km 56 sob comando da Polícia Militar Rodoviária. Neste momento, os usuários não devem utilizar a rodovia como rota".

As alternativas para quem precisou trafegar entre o Vale do Paraíba e o Litoral Norte do estado de São Paulo foi acessar as rodovias Mogi-Bertioga ou Oswaldo Cruz, que liga Ubatuba a Taubaté.

A concessionária que administra a rodovia informou que, as 2h da madrugada desta terça, 22, a Tamoios estava totalmente liberada.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral