Chuvas causam alagamentos no litoral norte | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Rua do bairro Perequê-Mirim, em Caraguatatuba, alagada pelas águas da chuva, que atingem o litoral norte desde ontem
Rua do bairro Perequê-Mirim, em Caraguatatuba, alagada pelas águas da chuva, que atingem o litoral norte desde ontem Foto: Bel Braga/Divulgação

Chuvas causam alagamentos no litoral norte

As chuvas que vêm atingindo o litoral norte desde o último domingo, 23, vem causando alagamentos na região, principalmente em Caraguatatuba e Ubatuba


24 de dezembro de 2018 às 20:02
Por Reginaldo Pupo

As chuvas que vêm atingindo o litoral norte desde o último domingo, 23, vem causando alagamentos na região, principalmente em Caraguatatuba e Ubatuba. A água da chuva chegou a atingir algumas casas em Ubatuba. Já em Caraguatatuba, diversas ruas ficaram alagadas, prejudicando o trânsito.



O Corpo de Bombeiros recebeu ao menos 20 chamadas de moradores de Ubatuba por causa de alagamentos. Algumas famílias ficaram “ilhadas”, sem poder sair de casa. Os bairros mais castigados foram Estufa 1, Estufa 2, Perequê-Açu e Ipiranguinha. Dois redutos que recebem milhares de turistas neste feriado de fim de ano, praia das Toninhas e Itaguá, que concentra os bares, restaurantes e pousadas em Ubatuba, também tiveram ruas alagadas.


Na praia das Toninhas, um carro chegou a ficar coberto pela água. Até às 19h desta segunda-feira, 24, o Corpo de Bombeiros ainda não tinha um levantamento sobre as ocorrências. Afirmou, porém, que não houve nenhuma vítima.


Mais chuvas

A prefeitura de Caraguatatuba informou que de acordo com os institutos de meteorologia, a previsão é de que as chuvas continuem pelo menos até esta terça-feira, 25. Com isso, declarou que a Secretaria de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão está se precavendo, pois os riscos de alagamentos são grandes, além de quedas de árvores e escorregamentos de terra.


A Defesa Civil da cidade está em alerta e fazendo vistorias em áreas de risco, verificando a necessidade de remoção de famílias. De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden), o maior índice acumulado de chuvas nas últimas 24 horas foi na região sul da cidade, com quase 70 milímetros.


Até o momento às 19h desta segunda-feira, 24, não havia pessoas desabrigadas, segundo a prefeitura, que informou também que todas as secretarias estão em alerta e preparadas para auxiliar a população.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral