Instituto da Mulher já está em funcionamento em Guarujá | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Foto: Hygor Abreu/PMG

Instituto da Mulher já está em funcionamento em Guarujá

A chamada Casa Rosa atende a pacientes encaminhadas pelas UBSs


10 de dezembro de 2018 às 11:15
Por Da Redação
Foto: Hygor Abreu/PMG

Foto: Hygor Abreu/PMG

Foto: Hygor Abreu/PMG

Foto: Hygor Abreu/PMG

Foto: Hygor Abreu/PMG

Foto: Hygor Abreu/PMG

As pacientes já contam com atendimento direcionado à saúde da mulher em Guarujá. O Instituto da Mulher - Casa Rosa, começou a funcionar nesta segunda-feira, 10. 


O equipamento é totalmente voltado à saúde da mulher, com capacidade diária de atendimento de aproximadamente 150 pessoas - encaminhadas previamente pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). A unidade está instalada na rua Quinto Bertoldi, nº 5, na Vila Maia.


No espaço, as pacientes terão atendimento em ambulatórios de gestação de alto risco; mastologia; de cirurgia ginecológica e de planejamento familiar, além de exames de colposcopia e ultrassonografia, por exemplo.

 

A Casa Rosa funciona em mais de 300 metros quadrados de área construída, em um terreno de aproximadamente 402 m2. O prédio, de dois pavimentos, é totalmente climatizado e conta com oito consultórios e salas de ultrassom, expurgo, interativa, esterilização, além de cozinha, recepção e banheiros (adaptados).


Cerimônia

A cerimônia de entrega do equipamento ocorreu na quinta-feira, 6, ocasião em que o prefeito Válter Suman fez questão de destacar o esforço dos profissionais para alcançar esse resultado. Disse ele: “A força do trabalho em equipe, com comprometimento, garra e vontade, supera todos os obstáculos. É um orgulho, sendo médico, ter pessoas tão guerreiras trabalhando comigo”.


Emocionada, a coordenadora de Saúde da Mulher, ginecologista Adriana Machado, disse que a casa exclusiva para atendimento do público feminino é a realização de um sonho. “A primeira coisa que falei ao assumir a coordenação de Saúde da Mulher foi: precisamos tirar elas do ARE (Ambulatório de Referência em Especialidades) para oferecermos um atendimento exclusivo, para olhar a mulher de forma mais acolhedora e humanizada. Aqui vamos conseguir acolher as gestantes de alto risco de forma mais adequada. Foi muito trabalho para chegarmos até aqui, e me sinto muito grata por este momento”.

 

Na opinião do secretário de Saúde de Guarujá, Sandro Abreu, além de todos os benefícios do atendimento de atenção exclusiva à mulher, a Casa Rosa também deverá refletir em uma queda na mortalidade infantil no município. 


Durante a cerimônia, o médico Paulo Kahol Soejima, um dos mais antigos de Guarujá, responsável por mais de 40 mil partos, foi homenageado. A coordenadora de Saúde da Mulher comentou: “Minha intenção era colocar o nome dele nesta casa, mas há uma lei que impede nomear próprios públicos com o nome de pessoas ainda vivas. Mas eu não poderia deixar de homenageá-lo, ele faz parte da história de Guarujá”.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral