Estado prorroga feirão de imóveis até 30 de dezembro | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Foto: Divulgação

Estado prorroga feirão de imóveis até 30 de dezembro

Iniciativa ocorrerá virtualmente até o fim do mês e promove crédito em condições acessíveis


05 de dezembro de 2018 às 10:54
Por Da Redação

O 3º Feirão de Imóveis - Seu Sonho, Nosso Compromisso, realizado pela Secretaria de Estado da Habitação, foi prorrogado e ocorrerá exclusivamente pela internet até o dia 30 de dezembro. A iniciativa do governo do estado promove o crédito habitacional e oferece imóveis em condições acessíveis a todos.


No site do feirão de imóveis (www.seusonhonossocompromisso.com.br), o interessado deve procurar pelo município de interesse, verificar as moradias disponíveis e entrar em contato com a construtora responsável para negociar a compra.


Segundo a Secretaria de Habitação do estado de São Paulo, permanecem em oferta cerca de 43 mil imóveis em 14 regiões administrativas e na capital paulista. Durante dois dias presenciais, em 1º e 2 deste mês, foram emitidos 282 cheques-moradia (279 a servidores públicos e três a beneficiários do auxílio-moradia). De acordo com a pasta, a expectativa é de que mil cheques sejam emitidos até o encerramento do evento.


Cheque-moradia

O governo do estado destaca que o subsídio do cheque-moradia varia entre R$ 5 e 40 mil, de acordo com a localização do imóvel e a renda familiar mensal bruta, que chega a até R$ 5.280,00. Os servidores públicos estaduais e beneficiários do auxílio-moradia devem fazer a inscrição no portal da Secretaria da Habitação.


“O subsídio de R$ 35 mil foi um incentivo para eu adquirir minha casa. Agora, terei uma unidade habitacional que é minha. Estou muito feliz com a conquista.”, comemora Marcelo Quintino, servidor público da Secretaria de Estado da Saúde. Ele comprou um imóvel de R$ 150 mil em Guarulhos, previsto para a conclusão no próximo ano.


Os cheques têm validade de 120 dias, prazo estimado para viabilizar as contratações e as assinaturas de contrato de financiamento habitacional com a Caixa Econômica Federal. Os subsídios serão cumulativos com os subsídios federais. Também podem comprar imóveis os interessados que não sejam funcionários públicos ou recebam o auxílio-moradia, porém não haverá subsídio do estado para esses casos.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral