Renovação obrigatória do cadastro único de benefícios de programas sociais até 31 de dezembro | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Espaço Cidadão Centro
Espaço Cidadão Centro Foto: Diego Bachiéga/PMB

Renovação obrigatória do cadastro único de benefícios de programas sociais até 31 de dezembro

Quem não fizer a atualização perderá o benefício; plantão em Boraceia neste sábado, 24, das 15h às 19h; também é possível se cadastrar para passar a receber benefícios


22 de novembro de 2018 às 17:16
Por Estela Craveiro

Em Bertioga, todas as pessoas beneficiadas por quaisquer programas sociais do governo, como, por exemplo, Bolsa Família, Programa Vive Leite e Benefício de Prestação Continuada (BPC), precisam atualizar seu Cadastro Único, conhecido como CadÚnico, até 31 de dezembro. Quem não atualizar seu cadastro até essa data perderá direito aos benefícios.

O CadÚnico é a porta de entrada para que famílias com renda de até meio salário-mínimo por pessoa, ou renda familiar total de até três salários-mínimos, possam ser beneficiadas por diversos programas sociais do governo. 

A atualização do CadÚnico deve ser feita no Espaço Cidadão do Centro. Mas é necessário agendar atendimento com a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda, pelo telefone (13) 3319-9702. 

Mas quem mora na zona norte de Bertioga poderá resolver essa atualização em um plantão que a Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda fará neste sábado, 24, no Espaço Cidadão Boraceia, das 15h às 19h.

Documentos necessários

Para fazer a inscrição, ou atualizar a documentação, é preciso levar RG, CPF, título de eleitor, carteira profissional, certidão de nascimento e declaração escolar dos filhos. 

BPC

Pessoas com deficiência e idosos com 65 anos ou mais, que comprovem não possuir meios de se manter e que não sejam mantidos pela família, têm a garantia de receber um salário-mínimo mensal.  A renda por pessoa do grupo familiar deve ser menor do que 1/4 do salário-mínimo vigente, ou seja, cerca de R$ 230.

Por se tratar de um benefício assistencial, não é necessário ter contribuído com o INSS. Esse benefício não paga 13º salário e não deixa pensão por morte.

Quem se enquadra nas condições necessárias, mas ainda não recebe o BPC, pode procurar o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) mais próximo de sua residência para se cadastrar e passar a receber. 

Serviço:

Espaço Cidadão Centro: Avenida Anchieta, 392, telefone 3319-9700;

Espaço Cidadão Boraceia: Rua José Costa, 138, telefone 3312-1453;

Cras Vicente de Carvalho II: Rua Um, 501, telefone 3316-1272;

Cras Chácaras: Rua São Gonçalo, s/nº, Vila do Bem, telefone 3313-1401.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral