Turismo: Ruínas da Ermida de Santo Antônio do Guaibê recebem nova ação | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Geral
Foto: Divulgação

Turismo: Ruínas da Ermida de Santo Antônio do Guaibê recebem nova ação

Patrimônio histórico recebe manutenção desde o ano passado para resgatar o local para visitas

06 de novembro de 2018 às 13:49
Por Da Redação

Um dos patrimônios históricos de Guarujá, as ruínas da Ermida de Santo Antônio do Guaibê, recebem nova ação de zeladoria nesta terça, 6, e quarta-feira, 7. O intuito da manutenção, realizada desde o ano passado, é de resgatar o local para visitas. 


Notícias ou reclamações sobre GUARUJÁ? Participe do grupo 👉 https://bit.ly/2oXSSab


A Ermida do Guaibê é uma capela construída no século XVI no extremo norte de Guarujá, junto ao canal de Bertioga, e é considerada uma das primeiras igrejas do Brasil. O local era frequentado pelo Padre Anchieta para reza e catequização de índios. A construção, erguida por José Adorno, é feita de pedras com sambaquis e óleo de baleia com conchas. Atualmente restam as ruínas que ainda dão a dimensão da antiga estrutura desta construção histórica. 


A diretora de patrimônio cultural, Mônica Daige, explica: “A Ermida faz parte da história não só do Guarujá, mas do Brasil. O resgate do local está acontecendo para que ele seja usado e conhecido, tanto pelos turistas que nos visitam, quanto para os próprios moradores da Cidade".


O acesso a Ermida é feito pela Trilha das Ruínas, que tem início na rodovia Ariovaldo de Almeida Viana, a estrada Guarujá-Bertioga. O caminho é feito por uma área preservada da Mata Atlântica. As prefeituras de Guarujá e de Bertioga firmaram parceria em agosto de 2017 para que sejam feitas as manutenções no local.


A zeladoria é realizada pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), por meio da Diretoria de Patrimônio Histórico - com apoio das secretarias de Meio Ambiente e Operações Urbanas de Guarujá e Secretaria de Meio Ambiente e Operações Urbanas de Bertioga.


Últimas Notícias