Guarujá firma convênio com a Marinha para fiscalização náutica | Sistema Costa Norte de Comunicação
|
Geral
Foto: Hélder Lima/PMG

Guarujá firma convênio com a Marinha para fiscalização náutica

A fiscalização já começa no feriado de Finados, no dia 2 de novembro, e ficará a cargo da Diretoria de Força-Tarefa de Guarujá

26 de outubro de 2018 às 12:08
Por Da Redação

Visando garantir a segurança de banhistas, a prefeitura de Guarujá firmou, na quinta-feira, 25, convênio com 8º Distrito Naval da Marinha para fiscalização de atividades náuticas.

O acordo permitirá que os agentes municipais controlem o acesso e o tráfego de embarcações nas praias da cidade, o que atualmente é feito apenas pela União.

As competências passam a ser compartilhadas, cabendo aos agentes a fiscalização - ainda na faixa arenosa - da documentação das embarcações e dos condutores; bem como da observância das regras de tráfego aquaviário na orla marítima.

A fiscalização já começa no feriado de Finados, no dia 2 de novembro, e ficará a cargo da Diretoria de Força-Tarefa de Guarujá, por meio Grupamento de Defesa Ambiental. As equipes estarão na rampa de acesso localizada no final da Praia da Enseada, para coibir eventuais abusos.

“Para nós é uma responsabilidade e também uma felicidade poder evitar efetivamente os acidentes. Nós já trabalhamos alinhados com a Marinha e todas as vezes que os acionamos, fomos prontamente atendidos. O nosso foco principal é cuidar da segurança dos banhistas”, afirmou a diretora da Força-Tarefa, Valéria Amorim.

O contra-almirante Cláudio Henrique Mello de Almeida, comandante do 8º Distrito Naval da Marinha do Brasil, ressaltou que a parceria demonstra a seriedade e o compromisso da prefeitura em salvaguardar a vida.

“Aquela atividade de inspeção naval que é atribuída pela União, a autoridade marítima passa para o Município, a fim de podermos alcançar as pessoas em áreas que a jurisdição não contemplava, especialmente nas atividades de esporte e recreio”, explicou.

Ele ressaltou ainda que o estado de São Paulo é disparado a unidade da federação que mais tem firmado esse convênio. E quem se destina a uma cidade turística, como Guarujá, quer aproveitar tranquilamente. Um incidente é tudo o que se deve evitar.

Para o secretário de Defesa e Convivência Social, Luiz Cláudio Venâncio Alves, o ordenamento é fundamental. “O nosso litoral já registrou vários casos de acidentes com motos aquáticas e embarcações na faixa de areia. Quando cuidamos do ordenamento da nossa praia estamos mostrando a nossa preocupação em proteger munícipes e turistas”, declarou o secretário.

O capitão dos portos de São Paulo e capitão de mar e guerra, Daniel Américo Rosa Menezes, elogiou a parceria. “A Marinha tem a responsabilidade de cuidar da segurança da navegação, mas não tem a capacidade de cobrir todos os lugares. Quando uma prefeitura voluntariamente se apresenta como parceira é de se enaltecer”, afirmou.

Últimas Notícias