Balsa Ilhabela: Prefeito quer medidas efetivas contra o desserviço da travessia | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Reunião entre prefeito e autoridades com o diretor de operações da Dersa
Reunião entre prefeito e autoridades com o diretor de operações da Dersa Foto: Divulgação/PMI

Balsa Ilhabela: Prefeito quer medidas efetivas contra o desserviço da travessia

Prefeito Márcio Tenório marcou reuniões com o secretário estadual de Transporte e Logística, OAB, Ministério Público, Câmara, Associação Comercial e outros


16 de outubro de 2018 às 10:35
Por Da Redação

Indignado com os problemas vividos pelos usuários da travessia da balsa São Sebastião - Ilhabela no feriado prolongado do Dia das Crianças, 12 de outubro, o prefeito Márcio Tenório, marcou reunião nesta quarta-feira, 17, às 14h, com o secretário estadual de Transporte e Logística, Mário Pandolfo, em São Paulo.

 

De acordo com o chefe do Executivo, espera-se medidas imediatas e efetivas para melhoria do sistema que beirou o caos, com filas de até sete horas no sentido continente – ilha, na sexta-feira, 12, e de até três horas na saída do arquipélago no domingo, 14. Revoltado, Márcio Tenório pediu, no dia do feriado, reunião de urgência com o diretor de operações da Dersa, Eduardo Di Gregório,  que na presença de autoridades e representantes da Associação Comercial prometeu melhorias no sistema que logo depois continuou a apresentar problemas como avarias em mais uma balsa, a FB-29.

 

Nesse encontro, Di Gregório também havia prometido o retorno da FB-25 com capacidade para 160 veículos por hora (o que só ocorreu no domingo); a volta da F-10 até o dia 28 de outubro; o retorno da FB-20 no final de dezembro e a chegada de dois catamarãs, ainda no final de  dezembro, com capacidade para 400 passageiros cada.

 

Preocupado com a situação da população, que considera insustentável, o prefeito afirmou que reiterará, na capital, os pedidos de providências já efetuados aos governadores estaduais Geraldo Alckmin e Márcio França. “Vamos, inclusive, anunciar que tomaremos medidas cabíveis contra os responsáveis pelos prejuízos causados à população”, comentou Tenório.

 

Além do encontro em São Paulo, o chefe do Executivo convidou representantes do MP (Ministério Público), OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Associação Comercial e Empresarial, Comtur (Conselho Municipal de Turismo), Câmara e Sindmestres (Sindicato Nacional dos Mestres de Cabotagem e dos Contramestres em Transportes Marítimos), para uma reunião nesta quinta-feira, 18, às 11h, no Paço Municipal.

 

O prefeito confirmou a intenção de mover ação contra o governo do estado, responsável pelo serviço por meio da Dersa. Devido à gravidade do problema registrado nesse feriado prolongado, a OAB abriu um abaixo-assinado online com o objetivo de mover procedimento jurídico contra os responsáveis pelos prejuízos causados à população. O MP também deve, se pronunciar nessa reunião de quinta-feira, 18.

 

“Essa situação não pode voltar a se repetir, o problema precisa ser solucionado, com investimentos e planejamento. O governo estadual precisa se mostrar eficiente e resolver essa situação”, destacou Márcio Tenório.

Últimas Notícias