São Paulo sem lei seca no primeiro turno desta eleição. Entenda como funciona | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

São Paulo sem lei seca no primeiro turno desta eleição. Entenda como funciona

Não há uma regra única para o Brasil. Nove estados vão proibir bebidas alcoólicas


05 de outubro de 2018 às 17:33
Por Mac

O estado de São Paulo, e mais outros oito, não terão a famosa “lei seca eleitoral” no primeiro turno das eleições de 2018. A informação é do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, confirmada pela Secretaria de Segurança do Estado de São Paulo.

Além de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Santa Catarina, Paraná, Distrito Federal, Maranhão, Pernambuco e Rio Grande do Sul também não usarão a lei seca eleitoral no primeiro turno.

Confira também o que pode e o que não pode fazer no dia da eleição.

A competência para impor ou não a famosa "lei seca eleitoral" é da secretaria de segurança de cada estado da federação. A restrição também pode ser solicitada por juízes e a medida pode até ser determinada para cidades específicas.

Saiba sobre o uso de camisetas de candidatos no dia da eleição.


Ao todo nove estados terão restrição para bebidas alcóolicas, confira a regra.


Minas Gerais

Será proibida a venda, distribuição e fornecimento de bebida alcoólicas entre 6h e 18h de domingo, dia 7.


Alagoas

A comercialização de bebidas alcoólicas será proibida em todo o estado. A restrição começa às 2h e vai até as 18h de domingo, dia 7.


Amazonas

A restrição vale da zero hora até as 17h de domingo, dia 7, com consumo proibido em locais públicos.


Amapá

A lei seca entra em vigor a zero hora e vai até as 18h de domingo, dia 7. Não só a venda mas também o consumo de bebidas alcóolicas no estado é proibido em locais públicos.


Rio Grande do Norte

A comercialização de bebidas alcoólicas será proibida em todo o estado. A regra vale das 6h as 18h de domingo, dia 7.


Tocantins

Será proibida a venda  de bebidas alcóolicas em cerca de 50 cidades, o período da restrição varia de acordo com sessão eleitoral.


Ceará

Terá restrição na capital Fortaleza e em mais 33 cidades. A regra vale da zero hora as 19h de domingo, dia 7.


Mato Grosso do Sul

Será proibido o consumo de álcool em bares, lanchonetes, trailers, quiosques e conveniências e em locais abertos ao público e similares, das 3h às 17h de domingo, dia 7 porém, restaurantes que funcionarem durante o almoço, das 11h30 às 14h30 poderão vender os produtos.


Roraima

A comercialização e distribuição de bebida alcoólica serão proibidas a partir da zero hora até as 18 horas do domingo, 7.


Acre

Será proibida a venda  de bebidas alcóolicas em 21 cidades, o período da restrição varia de acordo com sessão eleitoral.PiauiA comercialização e distribuição de bebida alcoólica serão proibidas a partir da zero hora até as 17 horas do domingo, 7.


Os governos e os Tribunais Regionais Eleitorais dos estados da Bahia, Sergipe, Mato Grosso, Goiás, Rondônia, Paraíba e Para não divulgaram informações sobre o tema em seus portais até as 17h desta sexta-feira, 05.

Últimas Notícias