Apreendidas 19,5 toneladas de tainha em Ilhabela | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Operações resultaram na apreensão de 19,5 toneladas de tainha em Ilhabela | Autor: Divulgação
Operações resultaram na apreensão de 19,5 toneladas de tainha em Ilhabela
Operações resultaram na apreensão de 19,5 toneladas de tainha em Ilhabela Foto: Divulgação

Apreendidas 19,5 toneladas de tainha em Ilhabela

Em duas operações, 40 pescadores foram autuados e multados em mais de R$ 10 milhões


11 de julho de 2018 às 16:45
Por Da Redação

Duas operações conjuntas entre Ibama, Defesa Civil, Parque Estadual de Ilhabela e Companhia de Policiamento Ambiental Marítimo do 3° Batalhão de Polícia Ambiental do Estado de São Paulo (Ciamar) combateram a pesca irregular e predatória na região de Ilhabela. Na primeira, realizada no dia 25 de junho, eles flagraram uma embarcação pesqueira de grande porte exercendo a pesca da tainha, dentro da Área de Proteção Ambiental Marinha Litoral Norte (APAMLN).

Após abordagem e vistoria, foi constatada a inexistência da licença para tal atividade, com permissão apenas para a pesca da sardinha; o fato contraria a legislação vigente e, por isso, resultou na apreensão de 18 toneladas do pescado. As tainhas foram doadas às prefeituras da região, instituições beneficentes e comunidades carentes de Ilhabela.

A embarcação, de nome Ferpesca, e todos os pescadores são do município de Angra dos Reis/RJ, que foram autuados em R$ 721.400,00 cada, num total de R$ 10.099.600,00 em multas pelo crime ambiental; eles responderão em liberdade. A embarcação e a rede utilizada no crime ambiental foram apreendidas.

A segunda operação aconteceu no dia 28 de junho, quando as equipes apreenderam 1,5 tonelada de peixes oriundos de pesca ilegal na mesma localidade. Na ocasião, os infratores não possuíam carteira de pescador, nem licença e registro de pesca, além da proibição de tal prática no local. 

Duas redes de cerco e duas embarcações registradas no estado do Rio de Janeiro foram apreendidas na operação. Na embarcação de nome Paulo Vitor havia uma tonelada de tainha, e os 13 pescadores a bordo foram autuados em R$ 41.400,00 cada. Já na embarcação Elionai havia 500 quilos de peixes diversos, na maioria, das espécies galo e espada, e todos os 12 pescadores a bordo foram autuados em R$ 21.400,00 cada, num total de R$ 795.000,00 em multas.

Todos os infratores são de Angra dos Reis/RJ e responderão em liberdade pelo crime ambiental. O pescado apreendido foi doado para a Secretaria de Assistência Social de São Sebastião. A Ciamar reforça que denúncias podem ser feitas pelo telefone (12)3842 0123.

Últimas Notícias