Aposentada deixa de comer para alimentar 48 cães e 150 gatos em Ilhabela | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte

Sistema Costa Norte de Comunicação

Logo do Jornal Costa Norte

Aposentada deixa de comer para alimentar 48 cães e 150 gatos em Ilhabela

Reginaldo Pupo
24 de maio de 2018 às 15:08

Cães e gatos abandonados pelas ruas de Ilhabela ganharam, nas últimas décadas, mais que uma simples defensora. Dochie Dobrota, 61 anos, chegou a vender um computador, aparelhos eletrônicos e objetos da casa onde vive, além de ter suspendido o serviço de internet, para comprar ração para os 48 cães e 150 gatos que ela recolhe das ruas do arquipélago, nos últimos 20 anos, a maioria, em idade avançada e doente.

Foto: Reginaldo Pupo

Apesar de já estar aposentada, Dochie (lê-se Duquiê) gasta a maior parte do salário que recebe como balconista em um supermercado, para adquirir ração e medicamentos. Ela conta: “Estou cansada, exausta, com idade avançada, mas preciso do trabalho para alimentá-los. E permanecerei assim enquanto tiver forças”. Muitos dos animais foram encontrados com doenças terminais, como câncer, e até mutilações. “Animais doentes, aleijados, ninguém quer adotar. Preferem os sadios, bonitinhos”, diz ela.

Foto: Reginaldo Pupo

Para abrigá-los, ela construiu um canil e um gatil improvisados, erguidos com restos de madeira, cercas de arame e telhas de amianto, nos fundos de sua casa humilde, também feita de madeira, no alto de um morro, longe da vizinhança. Mesmo assim, já recebeu queixa de vizinhos incomodados com os latidos, apesar da distância de quase mil metros da casa mais próxima.

Foto: Reginaldo Pupo

Em 2010, a prefeitura de Ilhabela demoliu o canil e o gatil erguidos por ela, sob a alegação de que a estrutura estaria irregular. “Não me notificaram, não avisaram. Simplesmente chegaram aqui e colocaram tudo abaixo, mesmo com os cães e gatos”, conta ela, lembrando sobre o desespero que passou para abrigar os animais. Anos depois, ela recebeu uma indenização, após ter ingressado com ação judicial contra a prefeitura, por danos morais, por intermédio de uma advogada que também trabalhou de forma voluntária no caso. O canil atual já está com sua estrutura comprometida e com risco de desabar.

Foto: Reginaldo Pupo

Devido às dificuldades financeiras, Dochie depende de doações de voluntários para alimentar “seus filhos”, como ela gosta de chamá-los. “Recorro a amigos, a pessoas que gostam de animais. Tem mês que eles podem ajudar, mas nem sempre é possível”, reconhece. A aposentada conta que, para os bichos não morrerem de fome, pede dinheiro emprestado. “Deixo de comer ou vendo minhas coisas. Já vendi meu computador, cancelei a internet e já não tenho quase nada em casa”, desabafa ela, apontando para seu barraco de um cômodo, onde vive rodeada por diversos cães. Ela se recorda da última perda. “Uma cadela, já idosa, morreu recentemente de câncer”.

Foto: Reginaldo Pupo

No início do ano, Dochie levou um grande susto. Caiu de uma altura de 40 metros, ao lado de sua casa, após tentar resgatar uma cadela que havia despencado pela ribanceira. Ao tentar descer, escorregou porque a vegetação não suportou seu peso. Foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros com escoriações leves, após duas horas de operação de resgate. “Faria tudo de novo, por amor que tenho pelos cães”.  

Foto: Reginaldo Pupo

Mesmo com a falta de condições financeiras, veterinários fazem consultas regulares aos cães e gatos sob seus cuidados, que são vacinados e vermifugados, sem cobrar pelos serviços. Para tentar melhorar a qualidade de vida dos bichos, Dochie pensa em abrir uma organização não governamental para conseguir ração. “Com CNPJ, consigo preços mais baratos para comprar ração e medicamentos, que são caríssimos”.

Foto: Reginaldo Pupo

Quem se interessar em ajudar Dochie com doações, pode entrar em contato pelos  telefones  (12) 9 9223 7205 (Duchie), após às 22h,  (12) 9 9137 9098 (Sandra). Para doações em dinheiro: Banco Bradesco: agência 1013-8; CC: 10.510-4 - Dochie Dobrota.

Continua após publicidade

Continua após publicidade

Continua após publicidade

Continua após publicidade

Previsão do tempo


MÁX

MIN

Estradas

Segurança

Colunas e Blogs

Política

Esporte

Variedades

Horóscopo Cigano

Horóscopo Cigano - de 16 a 23 de janeiro

  • Coroa - de 16 a 23 de janeiro

    COROA_ Novidades mudam o seu astral, você encara a realidade e segue em frente mais confiante de todas as situações. Este é o momento de arriscar, de ir atrás dos seus sonhos, de encarar os fatos e sair da zona de conforto. No amor alguns imprevistos fazem com que você mude por completo a sua maneira de pensar e de agir diante dos fatos. Você ouve a pessoa amada e consegue dar a volta por cima salvando assim o seu relacionamento.

  • Candeias - de 16 a 23 de janeiro

    CANDEIAS_ Ainda existem dúvidas em seu coração e mesmo assim você segue na esperança de resolver tudo, de ficar em paz e busca manter o equilíbrio e a Fé. Há muitas mudanças em seus caminhos e você determina a direção dos seus passos, não se incomode tanto com situações do passado pois há novos horizontes a ser conquistados. Afaste-se de pessoas que te sugam e busque estar com quem soma sua ideias e objetivos.

  • Roda - de 16 a 23 de janeiro

    RODA_ Você precisava tomar uma atitude diante dos fatos e fez o certo em agir dessa maneira, mesmo estando de coração partido foi o melhor a fazer, mas o tempo traz novas respostas, te guia para novas oportunidades enfim você só precisa aprender a controlar os seus impulsos. Os momentos que se seguem serão marcados por novidades e respostas, além de uma certa tranquilidade ao saber notícias de pessoas que você tanto ama.

  • Sino - de 16 a 23 de janeiro

    SINO_ Um período de muitas batalhas pessoais, apesar de inúmeras questões o seu coração precisa de uma resposta no amor, você ainda fica com algumas dúvidas pois não é fácil decidir a sua vida diante de tudo o que está te acontecendo, e as respostas estão surgindo em questões profissionais e tudo acontece de uma vez. É hora de colocar o pensamento no lugar, buscar na paz do raciocínio a melhor resposta para o momento e tudo o que for para o seu progresso deve ter prioridade no momento.

  • Moedas - de 16 a 23 de janeiro

    MOEDAS_ Uma fase de muitas lutas pessoais, principalmente em questões amorosas pois você quer manter a paz acima de tudo e está enfrentando grandes lutas para conseguir alcançar seus objetivos. Com o passar dos dias tudo tende a ficar melhor só não se desespere diante das situações busque focar mais naquilo que realmente faça sentido para a sua vida. Em breve uma importante resposta em questão de novos aprendizados vai te trazer alegrias e entusiasmo.

  • Adaga - de 16 a 23 de janeiro

    ADAGA_ Chegou a hora de progredir, de ir ao encontro de novas oportunidades, de virar o jogo diante das situações enfim a semana te traz importantes respostas que fazem mais sentido para os seus caminhos. No amor os dias que se seguem serão mais tranquilos e você consegue manter a paz para os seus caminhos deixando tudo na mais perfeita ordem entre você e a pessoa amada. Algumas questões particulares podem vir a te preocupar mas com o passar dos dias tudo pode ficar bem.

  • Ferradura - de 16 a 23 de janeiro

    FERRADURA_ Fase de muita Fé e devoção, momento onde você busca a força interior em todos os sentidos, chegou a hora de refletir sobre a sua vida pessoal e ir em busca de todas as respostas para os seus caminhos. No amor uma nova resposta traz alegrias ao seu coração, você fica em paz depois de uma conversa franca e objetiva. Fase de progresso em questões profissionais e financeiras , novas oportunidades podem surgir por estes dias.

  • Taça - de 16 a 23 de janeiro

    TAÇA_ Dias de alegrias e muita paz, chegou o momento de refletir sobre a sua vida pessoal, manter o equilíbrio acima de tudo e viver os bons momentos fugindo de questões que só embaralharam seus bons pensamentos. No amor deixe tudo acontecer e o passar dos dias sempre trazem melhores respostas, não se desespere tente manter o mesmo pensamento de sempre, a fase começa a se tornar positiva a partir de agora, basta ter Fé e manter seus bons pensamentos.

  • Capela - de 16 a 23 de janeiro

    CAPELA_ Momentos de fé e devoção, você se entrega às preces e busca dias melhores em seus caminhos, deixando de lado certos medos buscando na força da fé os seus melhores objetivos. Os dias que se seguem serão bem agitados porém será preciso manter a ordem, ir em busca daquilo que realmente faça mais sentido para a sua vida, deixando de lado certas questões que só atrapalham os seus pensamentos. Pense em você e nos seus projetos, afaste-se de certas pessoas que atrapalham seus bons planos.

  • Punhal - de 16 a 23 de janeiro

    PUNHAL_ Os dias que se seguem serão de positividade e otimismo; mesmo estando numa fase de mudanças radicais, o seu coração segue confiante diante das situações. No amor tente manter a paz, muitas vezes você se depara com situações desagradáveis e acaba se estressando, e com palavras ofensivas acaba tendo problemas em seu relacionamento. Bom momento para voltar-se à sua fé, buscar o equilíbrio.

  • Estrela - de 16 a 23 de janeiro

    ESTRELA_ Uma fase de luz e alegrias, enfim a semana te traz a paz desejada, depois de um período de muitas lutas chegou a hora de ficar bem, ter uma trégua diante das situações acalmando assim seus pensamentos e sentimentos. A resposta ideal vem esta semana, o seu coração se alegra diante das situações e você segue com mais entusiasmo e deposita toda a confiança em seus novos projetos trabalhistas e também fica em paz com a pessoa amada.

  • Machado - de 16 a 23 de janeiro

    MACHADO_ Uma fase de luz e alegrias, de respostas favoráveis onde você consegue ficar bem, a semana promete ser de muita luz e muita paz interior, mesmo com tantos trabalhos pessoais tudo tende a acontecer de uma maneira favorável em seus caminhos. No amor depois de uma fase de muitas dúvidas as respostas começam a chegar de maneira positiva em seus caminhos, apenas deixe tudo acontecer o destino se encarrega de trazer as respostas certas pra você.