Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral

Mais três casos suspeitos de febre amarela em Ubatuba

Vigilância em Saúde alerta população para urgência da vacinação; já são sete casos suspeitos na cidade


10 de abril de 2018 às 17:53
Por Da Redação
Vacinação realizada de forma volante, casa a casa, na região norte de Ubatuba
Vacinação realizada de forma volante, casa a casa, na região norte de Ubatuba Foto: Divulgação/PMU

Mais três casos suspeitos de febre amarela foram notificados à Vigilância em Saúde na tarde da segunda-feira, 9. Os novos casos incluem dois pacientes com local provável de infecção no Puruba, região norte do município. Um está internado no Hospital das Clínicas de São Paulo e o segundo, na Santa Casa. A terceira suspeita é de um morador do Centro que esteve na região de Ubatumirim.

Com isso, sobe para sete o total de casos da doença em investigação em Ubatuba. A Vigilância aguarda ainda os resultados de sorologia de uma moradora das Toninhas, que é hemofílica e está internada em Campinas, de uma moradora do Parque dos Ministérios, além de dois moradores do Ubatumirim.

O vírus da febre amarela já está circulando na região Norte, onde foram confirmadas as mortes pela doença de um macaco bugio na Picinguaba e de um homem adulto, de 41 anos, no Ubatumirim.

A cobertura vacinal em Ubatuba ainda continua baixa: até esta segunda-feira, apenas 53% da população havia sido vacinada. A meta é chegar a 95%.  A supervisora da Vigilância em Saúde, Patricia Machado Sanches, alerta: “É necessário tomar a vacina o quanto antes para que a maior parte da população esteja protegida da febre amarela e para impedir o avanço da doença. É importante saber ainda que a vacina leva 10 dias para fazer efeito, entre sua aplicação e a efetiva proteção", acrescenta.

Onde tomar a vacina

As ações de vacinação continuam nesta semana de 9 a 14 de abril de forma itinerante (volante) e fixa em 28 postos de saúde do município. Também é possível tomá-la no Centro de Especialidades Médicas (Postão), na avenida Rio Grande do Sul, 710, das 8 horas ao meio-dia.

Os postos Itamambuca, Puruba, Umuarama, Perequê-Açu, Ipiranguinha, Marafunda, Sertão da Quina e Perequê-Mirim também funcionam com horário estendido, das 8 às 20 horas, e a tenda do Calçadão do Centro realiza a vacinação todos os dias entre 9 e 19 horas, de segunda a sábado.

Últimas Notícias