Parceria com o IPT mapeará e atualizará áreas de risco de São Sebastião | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral
Reunião com o IPT, o prefeito Felipe Augusto e secretários detalhou intervenções do instituto
Foto:

Parceria com o IPT mapeará e atualizará áreas de risco de São Sebastião

Estudo envolverá questões de áreas de risco, sujeitas a alagamentos, escorregamentos, deslizamentos e erosão


08 de fevereiro de 2018 às 11:02
Por Da Redação

Uma parceria firmada pela prefeitura de São Sebastião com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), que desenvolverá o Plano Municipal de Redução de Riscos (PMRR) e mapear áreas de risco. O estudo visa a aplicação de técnicas e concepções de engenharia para minimizar a condição de ocupação perigosa na cidade.

A importância da retomada da parceria é destacada pelo geólogo do IPT, Agostinho Tadashi Ogura, por envolver questões de áreas de risco, sujeitas a alagamentos, escorregamentos, deslizamentos e erosão. Ele comenta o papel do instituto: “Vamos encontrar soluções técnicas para estas demandas e atuar de maneira efetiva, a fim de resolver o problema do município”.

O secretário de Urbanismo de São Sebastião, Luís Eduardo Bezerra de Araújo, afirma que as intervenções do IPT minimizarão os riscos das áreas de ocupações e coibirão o desenvolvimento de novas. Disse ele: “Nosso objetivo aqui também é solucionar os problemas atuais enfrentados na cidade, desconfigurando assim as áreas de risco, por meio de um estudo minucioso”.

O secretário de Segurança Urbana, José Roberto de Lara, pontuou a importância do trabalho junto à Coordenadoria de Defesa Civil de São Sebastião, que está trabalhando intensamente desde o início da gestão nestas questões. “O mapeamento do município está defasado, o último foi feito em 2005, iremos regularizar esta situação e promover melhorarias pontuais em diversas áreas de risco o mais breve possível”, concluiu.

Últimas Notícias