Volta à Ilha de Santo Amaro desafia atletas de canoa havaiana | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Esportes

Volta à Ilha de Santo Amaro desafia atletas de canoa havaiana


11 de março de 2016 às 12:26
Por Costa Norte

 

*Foto: Gilmar Domingos de Oliveira

Canoístas de Salvador, Bahia, e até de Brasília, em plena região centro oeste do país, estarão entre as 21 equipes que disputarão o 13º Desafio Volta à Ilha de Santo Amaro de Canoas Havaianas, neste sábado, 12, a partir das 9h30 da manhã. A competição é uma das mais longas provas de canoagem do mundo, com 75km entre trechos de mar e rio.

A prova terá concentração, início e final em frente à Etec Dona Escolástica Rosa, à avenida Bartolomeu de Gusmão, 111, na praia da Aparecida, próxima ao canal 6, em Santos. A largada será no estilo “Le Mans”, com as canoas saindo da areia, às 9h30. O primeiro trecho será pelo mar, com cerca de 40km, passando por todas as praias de Guarujá. Os atletas terão a árdua tarefa de remar por mais de seis horas seguidas. Cada time contará com nove integrantes (três deles no revezamento).

A parte final do desafio será em águas calmas pelo canal de Bertioga até o porto de Santos e depois para a chegada. Em disputa, as categorias open masculina; feminina; mista (sempre três homens e três mulheres na canoa);  e master. Todas as equipes contarão com barcos de apoio, nos quais estarão outros três integrantes para o revezamento durante o percurso.

Segundo o capitão da Bahia Va’a, Leandro Travaglini, a expectativa é muito boa, os atletas estão bem preparados e já sabem o que enfrentarão. Ele também destaca que todos os remadores são experientes e já enfrentaram diversas situações em mar. “Essa será a nossa terceira vez na Volta à Ilha. Parece um sonho. Todos estão ansiosos. Sabemos muito bem o que nos espera. É uma disputa emocionante, um verdadeiro desafio para o atleta”, afirma.

A Ava Canoeiras do Paranoá, como o nome mesmo já revela, treina no famoso lago da capital federal. Depois de duas participações na categoria mista, o time tentará boa posição na open masculina. Diz o capitão da equipe Kenny Souza: “Meus alunos têm pouca experiência no mar. Já passei nos treinos simulados com lancha como será o desafio. A expectativa é sempre a melhor, para fazer uma boa volta e curtir bastante esse grande evento e, quem sabe, terminar como top 10”.

Bertioga estará representada por duas equipes, a Tribo Q Pira e a Brucutus Canoe Club. Criador e capitão da Brucutus, o sargento do Corpo de Bombeiros Everdan Riesco é um dos pioneiros da canoa havaiana no país e sabe que a vivência acumulada em doze edições pode ser um diferencial. “A expectativa é sempre a melhor, vencer!” Ele lembra as superações que já enfrentou na prova. “Para quem competiu com uma canoa partida ao meio e conseguiu trocar em Bertioga e terminar com glória, estamos sempre prontos para nos superar. Foram muitos momentos marcantes, mas um em especial, quando remamos mais de 30 quilômetros sem revezamento, porque o nosso barco de apoio quebrou, e a equipe rival nos passou após horas, numa chegada muito emocionante”.

Ele remará junto com Antonio Carlos, Sergio Coelho, Marco Antonio da Silva, Emanuel Amaral, João Renato, Diego dos Santos de Jesus, Eduardo Leal e Ícaro Bispo. “Teremos equipes fortes, que não conhecemos, como a da Bahia e a de Brasília, além do pessoal do Rio de Janeiro e de Santa Catarina. Vamos respeitar todas de forma igualitária”, diz Riesco, feliz com a evolução do esporte, que viu “nascer”, inicialmente, em Santos.

A Tribo Q Pira, terceira colocada da etapa carioca do Mundial de Canoagem Va´a, também espera por bons resultados, mas destaca as dificuldades da competição, conforme analisa o atleta Douglas Dias: “A gente sempre busca a vitória, corremos atrás disso e acredito que teremos uma boa colocação, porque nossa equipe está bem treinada. Mas numa prova como esta, uma prova longa, que tem barco de apoio, troca no mar, tudo pode acontecer”. Os companheiros de Douglas no desafio são Gustavo Biagio, Cadu Zaidan, Felipe Newman, Douglas Figueiredo, Carlo Castiglioni, Jeferson Liborio, José Marcos Mendes e Davi Levi.

 

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral