Temporada 2016 da World Surf League começa semana que vem na Austrália | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Esportes

Temporada 2016 da World Surf League começa semana que vem na Austrália


04 de março de 2016 às 11:53
Por Costa Norte

 

*Foto Kirstin Scholtz / WSL

A temporada 2016 do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour começa na próxima semana e, pela segunda vez consecutiva, com um brasileiro como campeão mundial. No ano passado, foi Gabriel Medina e, agora, Adriano de Souza é quem competirá com a lycra amarela de número 1 do mundo, depois do título coroado com a vitória no Billabong Pipe Masters na igualmente inédita final verde-amarela com Medina no maior palco do esporte, no Havaí. O Brasil também inicia na Austrália a busca por outro tricampeonato, o do Quiksilver Pro Gold Coast, vencido por Medina em 2014, e Filipe Toledo, em 2015. O prazo do primeiro desafio dos melhores surfistas do mundo nas melhores ondas do mundo começa no dia 10 e vai até 21 de março nas direitas de Snapper Rocks, ou em outra praia da região da Gold Coast que apresentar melhores ondas nos dias da competição.

A expectativa é grande para a atuação dos brasileiros que dominaram o circuito no ano passado, decidindo o título em nove das onze etapas da temporada. Filipe Toledo foi o único a conquistar três vitórias no ano, sempre usando os aéreos como arma mortal para liquidar seus adversários e arrancar nota 10 dos juízes nas finais. Foi assim também no Oi Rio Pro do Brasil e na final brasileira com Italo Ferreira no Rip Curl Pro de Portugal. Adriano de Souza venceu a outra decisão verde-amarela em Banzai Pipeline e também foi o campeão nos tubos de Margaret River. Já Gabriel Medina ganhou na França pela segunda vez, e o Brasil terminou a temporada com seis vitórias nas onze etapas do Samsung Galaxy WSL Championship Tour 2015.

Neste ano, a seleção brasileira terá três reforços, aumentando para dez o número de integrantes na elite dos 34 surfistas que disputam o título mundial da World Surf League, quase 30% dos concorrentes. Caio Ibelli  classificou-se em primeiro lugar no ranking do WSL Qualifying Series, junto com o também paulista Alex Ribeiro e o catarinense Alejo Muniz, que ainda se recupera de contusão e não vai competir na Gold Coast. Os três juntam-se aos sete que participaram do CT em 2015, os campeões mundiais Adriano de Souza e Gabriel Medina, Filipe Toledo, Italo Ferreira, Wiggolly Dantas, Jadson André e Miguel Pupo.

O Quiksilver Pro Gold Coast será realizado junto com a etapa de abertura do Samsung Galaxy WSL Women´s Championship Tour, o Roxy Pro Pro Gold Coast, entre os dias 10 e 21 de março em Snapper Rocks, com transmissão ao vivo da Austrália pelo www.worldsurfleague.com.

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral