Deivid Silva é campeão brasileiro Pro Junior | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Esportes

Deivid Silva é campeão brasileiro Pro Junior


28 de janeiro de 2016 às 14:55
Por Costa Norte

*Foto: Lima Jr

Por João Carvalho/WSL

O paulista Deivid Silva completará 21 anos de idade no próximo dia 10 de fevereiro e fechou sua passagem pela categoria Pro Junior, conquistando o título brasileiro de 2015 com shows de surfe nas baterias do Pena Little Monster, que disputou no domingo, em Paracuru, litoral norte do Ceará. Ele tirou duas notas 10 nas direitas do Ronco do Mar no caminho até a final contra o local de Paracuru, Jhones Fran. Mas, no feminino, só deu Ceará, com Larissa dos Santos como campeã Pro Junior da Associação Brasileira de Surf Profissional (Abrasp) e Yanca Costa, vencendo o circuito promovido pela marca Pena, para as categorias de base do esporte, junto com o saquaremense João Chianca, no masculino.

Entre os pequenos, dois cearenses patrocinados pela Pena festejaram o título de melhor do Pena Little Monster 2015, ganhando as duas etapas, na Bahia e Ceará: Guilherme Lemos, na sub 8, e Cauã Costa, irmão mais jovem de Yanca,  bicampeão do circuito na sub 12. O paraibano Yure Barros também foi bicampeão na sub 10, mas perdeu a final em Paracuru para Jurgen Marinho, com a nota 9,5 do potiguar na sua primeira onda. O título da sub 14 foi decidido na última final do domingo no Ronco do Mar e ficou para Thiago Eduardo, com o segundo lugar na bateria vencida por outro cearense, Lucas Bezerra. Na sub 16, o campeão do circuito foi o potiguar Victor Costa, que ganhou em Itacaré (BA) e também ficou em segundo na final em Paracuru, derrotado pelo alagoano Lucas Marcelo.
O pointbreak de direitas do Ronco do Mar apresentou ondas de 2-3 pés com ótima formação durante os três dias do Pena Little Monster, para os surfistas de 8 a 21 anos de idade darem um show em Paracuru.

No entanto, ninguém atacou as ondas como o bicampeão sul-americano Pro Junior, Deivid Silva, com suas manobras explosivas de backside, levantando grandes leques de água. Foi assim que o guarujaense fez os recordes do campeonato no domingo, recebendo nota 10 nas quartas de final paulista com Raul Reis, e na semifinal, com o potiguar Deyvson Santos. Deivid somou  8,5 com a primeira nota máxima e na segunda, totalizou 19,25 pontos de 20 possíveis. Na decisão do título brasileiro, conseguiu três notas na casa dos 8 pontos, para derrotar o local de Paracuru, Jhones Fran, por 17,35 a 13,00 pontos.
Deivid Silva disse: "Estou muito feliz. A HD (marca que o patrocina atualmente) me incentivou bastante pra isso, pois estava um pouco desanimado, então só tenho que agradecer a Deus por terminar meu último ano de Pro Junior como campeão brasileiro. O ano de 2015 foi o melhor ano da minha vida. Eu terminei em 24º no QS, quase consegui entrar no CT, fui campeão sul-americano Pro Junior de novo e campeão brasileiro agora, que era um título que eu ainda não tinha. Agora vou com tudo pro QS, porque minha meta para 2016 é entrar no CT do ano que vem".

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral