Deivid Silva entra na disputa por vaga no WCT | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Esportes

Deivid Silva entra na disputa por vaga no WCT


27 de outubro de 2015 às 09:28
Por Costa Norte

*Foto: Daniel Smorigo – WSL

Por Fábio Maradei

Frieza, paciência, concentração, velocidade. Uma combinação perfeita para mais uma vitória brasileira no World Surf League Qualifying Series (QS). Desta vez com o paulista Deivid Silva, no Red Nose Pro 15 Florianópolis SC, na tarde de domingo, 25, na praia do Santinho, extremo norte da ilha de Santa Catarina. O surfista, de apenas 20 anos, garantiu importantes 6 mil pontos no ranking e subiu nada menos que 23 posições, e agora figura em 28º lugar, na briga direta por uma vaga no WCT.

Na final, ele derrotou o australiano Stu Kennedy, décimo no ranking, demonstrando uma total confiança em seu surfe. Soube esperar o momento certo, a onda que lhe garantiria a virada no placar. Nas disputas anteriores, já tinha demonstrado seu “arsenal” de manobras, com muita velocidade e abuso dos aéreos, que antes não utilizava tanto. Superou nomes fortes como os americanos Conner Coffin, na semi, e Kanoa Igarashi (6º no ranking), nas quartas.
Stu tirou um 7 e depois um 7,4. Deivid garantiu um 7,9 e passou a aguardar a segunda onda, testando os nervos da torcida. Ficou mais de 20 minutos sem surfar até que explorou uma direita. Precisava de 6,5 e garantiu o 8,17, para virar o placar no finalzinho e empolgar o grande público na areia – 16,07 a 14,40. “Estava muito focado. Sabia que a onda estava demorando e tive calma. Foi fé em Deus”, vibrou o surfista da Prainha Branca, em Guarujá.

Com a vitória, Deivid subiu da 51ª posição para a 28ª, tendo três resultados baixos para trocar, dos quatro campeonatos válidos deste ano, e alcançar o grupo dos dez atletas que se classificam para o WCT. “Sempre pensava num resultado grande como esse. Agora que consegui, vou focar bastante nos próximos. Meu grande objetivo é o QS 10000 em Maresias. Tenho muita vontade de ganhar um prime”, disse, referindo-se ao Oi/HD São Paulo Open, que começa dia 2, na praia de Maresias, em São Sebastião, valendo 10 mil pontos.

Essa foi a sua segunda final no QS este ano. Deivid  foi vice-campeão em Pantin, na Espanha. Se alcançar seu objetivo, será o terceiro surfista de Guarujá no WCT em 2016, junto com Adriano de Souza e Caio Ibelli, outra novidade no Tour. “Se Deus quiser. Vou lutar muito para isso”, destacou.

O proprietário da Red Nose, Marcelo Cunha Leitão, teve motivos dobrados para comemorar ao final do evento. “Deu tudo certo. Foi um sucesso, nível técnico excelente, atletas disputando acirradamente as vagas para o WCT, num lugar maravilhoso e a vitória do Deivid. Se a economia ajudar, queremos estar com essa mesma etapa novamente.  “É o que mais queremos. Colocar ele no WCT, no topo do mundo. Temos outros investimentos com o Red Nose Energy Drink, com o Ítalo Ferreira e o Jadson André, e estamos em busca de novos talentos. Vamos investir”, revelou Marcelo.

O QS Red Nose Pro 15 Florianópolis SC, válido pela 32ª etapa do Circuito Mundial, reuniu 144 surfistas de 24 países. Deivid Silva conta com apoio de Pranchas Glasser; Shaper Zampol; Acessórios Wet Dreams; Surfuncional (treinamento); e Bolsa Atleta da prefeitura de Guarujá.

 

Últimas Notícias

Os melhores do litoral

Confira algumas das melhores dicas de todo o litoral