Bertioga em mais um pódio do Desafio Top Bike | Sistema Costa Norte de Comunicação
Logo do Jornal Costa Norte
|
Esportes

Bertioga em mais um pódio do Desafio Top Bike

Lucilene Pires Gobbo foi a segunda colocada no geral da categoria esporte; no total, 18 bertioguenses participaram da prova


14 de abril de 2018 às 17:32
Por Marina Aguiar
Lucilene Pires Gobbo conquistou a 2ª colocação geral nos 35,6 km
Lucilene Pires Gobbo conquistou a 2ª colocação geral nos 35,6 km Foto: Arquivo pessoal

Lucilene Pires Gobbo conquistou a 2ª colocação geral nos 35,6 km
Lucilene Pires Gobbo conquistou a 2ª colocação geral nos 35,6 km Foto: Arquivo pessoal

O casal Giuliano Rodrigues e patricia Murayama conquistou o 5º lugar na categoria dupla (40 km)
O casal Giuliano Rodrigues e patricia Murayama conquistou o 5º lugar na categoria dupla (40 km) Foto: Arquivo pessoal

O casal Giuliano Rodrigues e patricia Murayama conquistou o 5º lugar na categoria dupla (40 km)
O casal Giuliano Rodrigues e patricia Murayama conquistou o 5º lugar na categoria dupla (40 km) Foto: Arquivo pessoal

O casal Giuliano Rodrigues e patricia Murayama conquistou o 5º lugar na categoria dupla (40 km)
O casal Giuliano Rodrigues e patricia Murayama conquistou o 5º lugar na categoria dupla (40 km) Foto: Arquivo pessoal

A equipe Pedal Gobbo Adventure tem 27 membros que se reúnem semanalmente para treinar
A equipe Pedal Gobbo Adventure tem 27 membros que se reúnem semanalmente para treinar Foto: Arquivo pessoal

Dezoito ciclistas bertioguenses participaram da 2ª etapa (Terra) do Desafio Top Bike, em Guararema, no domingo, 8. A prova, realizada no entorno do Guararema Park Hotel Resort, contou com quase 500 atletas em percursos de trilhas, estradas e muita área verde. A professora especializada em ciclismo Lucilene Pires Gobbo Ortega, de Bertioga, conquistou o 2º lugar no ranking geral da categoria esporte (35,6km).

Lu, como é conhecida, é líder da equipe Pedal Gobbo Adventure, composta por 27 ciclistas. "Desta vez, nós levamos 16 pessoas e conquistamos o segundo lugar como maior equipe. Tivemos ótimas colocações". Entre os membros da equipe, Eliane de Carvalho Pereira, 36 anos, ficou na 6ª posição na categoria pro feminino (40km), e em 1º lugar na sua categoria (30-44). 

Na categoria esporte (35,6km), Priscila Sanches Zeidan e Vanessa Ubaldo conquistaram os 6º e 7º lugares, respectivamente. Elas também ficaram em 1º lugar por idade. E o novato Augusto Araújo Cerveira de Freitas conquistou o 4º lugar em sua categoria (00-24) na pro (40km).

Também de Bertioga, o casal Giuliano Rodrigues e Patricia Ferreira Murayama disputou a categoria dupla (40km) e ficou na 5ª colocação. Eles integram o grupo Team Bike Outdoor, composto por dez atletas de Guararema e Mogi das Cruzes. 

Ciclismo em Bertioga

O aumento no número de atletas bertioguenses em competições da região ocorreu ao longo do último ano. A bicicleta, antes vista como meio de transporte ou lazer, agora é utilizada como base de um esporte em crescimento na cidade. A Pedal Gobbo Adventure, por exemplo, surgiu de um sonho da educadora física Lu, no início de 2017. "Comecei com as aulas de spinning; dou aula há quatro anos, mas, no ano passado, algumas alunas tiveram o interesse de pedalar fora da academia, e nós saímos para as ruas, trilhas, estradas. Já fomos até Salesópolis e voltamos pedalando".

Para Vanessa Ubaldo, o ciclismo foi mais do que um esporte, foi uma forma de mudar de vida. "Eu perdi 20kg graças à bike. Foi com a bicicleta que comecei a perder peso, há um pouco mais de um ano. Eu comecei no spinning, depois fui pro estúdio e pro pedal direto. Hoje, não deixo de pedalar", declarou a comerciante, que hoje inspira iniciantes do esporte.

Já o publicitário Giuliano Rodrigues conta que começou a pedalar na adolescência, mas parou quando mudou para Bertioga. "Há dois anos, eu quebrei o pé e vi no ciclismo a possibilidade de continuar praticando esporte, pelo fato de não ter impacto. Pedalava 10km, depois 30km, quando vi, já estava em 50 e comecei a participar de competições. Hoje, já foram 12 ou 13 provas", disse o ciclista que pedala com a mulher e amigos.

Para a professora Lu, o aumento de ciclistas na cidade é decorrência do terreno plano de Bertioga, as ciclovias, a economia no transporte e ao contato com o ar livre e belas paisagens. "Acho fantástico, quanto mais gente praticando, menos gente no sofá. O ciclismo diminui o estresse, aumenta a felicidade. A nossa ideia é contagiar as pessoas com a prática do esporte", afirmou.

| Autor: André Cardoso/JCN
Últimas Notícias