PT repaginado | Sistema Costa Norte de Comunicação
|

PT repaginado

PT decidiu afastar símbolos tradicionais do candidato Fernando Haddad

19 de outubro de 2018 às 13:13
Por coluna Coletti

Ante o desespero para reduzir a diferença de votos em relação ao seu oponente, o PT decidiu repaginar seu logo e afastar símbolos tradicionais do candidato Fernando Haddad. Os tons vermelhos deixaram espaço para as cores verde e  amarelo, Haddad acabou com a exposição de Lula nas fotos oficiais da campanha e dos adesivos da chapa: agora, é o Brasil para todos,  no lugar do Brasil feliz para todos, que fazia uma alusão aos anos de Lula no governo. Haddad suspendeu, inclusive, suas visitas a Lula, na prisão, em Curitiba, para fugir do carimbo de poste inventado pelo ex-presidente.

Haddad, na sua busca de voto, se aproximou da Igreja Católica. Visitou a CNBB em Brasília e passou frequentar missas, chegando atá a se comungar. Esquecendo o passado, Haddad esteve com o ministro aposentado Joaquim Barbosa, aquele que foi responsável pelas prisões de importantes lideranças do PT, como José Dirceu, deputado Genoíno e o tesoureiro Delúbio Soares.

Quem causou uma grande frustração ao PT foi Ciro Gomes. No dia em que o PDT oficializou apoio a Fernando Haddad, Ciro Gomes viajou com a família para a Europa, retornando as vésperas do segundo turno. Ciro Gomes recusou, inclusive, a chefia do programa de governo do PT. Foi o troco que ele deu a Lula que, agindo nos bastidores, evitou que o PSB aderisse à campanha de Ciro no primeiro turno.

Mais notícias do colunista
Últimas Notícias