Ecoturismo é tendência natural - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

Segundo pesquisa feita pela organização não-governamental Conservation lnternational, de Washington, nos Estados Unidos, 70% da biodiversidade do Planeta estão concentrados em 17 países. O Brasil vem em primeiro lugar, onde a Mata Atlântica lidera a pesquisa, seguida da região amazônica e pantanal. Neste contexto, Bertioga está em vantagem com 85% dos seus 482 quilômetros quadrados preservados pelo Parque Estadual da Serra do Mar. Uma riqueza que pode lhe dar o título de “Capital do ecoturismo”.

A tendência se confirma através da procura cada vez maior pelos passeios e roteiros que levam aos caminhos da natureza. Não é por menos, Bertioga pode ser considerada um santuário ecológico por abrigar grande variedade de ecossistemas associados. O Município abriga dezenas de trilhas que levam a lugares paradisíacos, ruínas e rios, além dos roteiros históricos, de barcos, canoagem e modalidades mais radicais como provas de aventura e escalada de montanhas e de cachoeiras através de rapel.

O ecoturismo é hoje um dos segmentos que cresce 8% ao ano no mundo e atrai turistas de todas as idades e lugares. Para explorar este potencial de forma sustentável o secretário Municipal de Meio Ambiente, o engenheiro florestal, Nelo José Fernandes, informa que todas as trilhas do Município estão sendo catalogadas para a exploração sustentável. “É preciso haver critério na exploração. Os investimentos nesta área devem ser voltados para o turismo contemplativo e parques temáticos, valorizando toda a riqueza natural”, enfatiza.


Sensibilização para o turismo receptivo

Desde outubro de 2003 um convênio do Sebrae com a Prefeitura Municipal vem promovendo oficinas de Sensibilização para o Turismo Receptivo, na Casa da Cultura, com 95% das atividades já realizadas. Entre os participantes estão os membros da Associação dos Monitores de Ecoturismo de Bertioga AMEB, entidade fundada em 1997. “Hoje em Bertioga, o nosso maior problema é a falta de identidade. Existem os recursos, mas a comunidade ainda, não descobriu como aproveitar este potencial. Falta uma identidade com o turismo”, declara Fernanda Cabral Albuquerque, integrante da AMEB.

As oficinas do Sebrae são abertas à comunidade com o objetivo de incentivar a maior participação da comunidade no Conselho Municipal de Turismo. Nesta quinta-feira, 20 haverá uma reunião no Fuchs Praia Hotel, localizado na avenida Anchieta, 5658 a partir das 14 horas.

Trilhas levam a riquezas e surpresas

As trilhas mais conhecidas de Bertioga são Ruínas, Caminho de Pedra, Vale do Rio Itatinga, Riviera, Caiubura, Itapanhaú, Alambique, Três Poços, Captação D 'água e Garganta do Gigante. Ruínas têm esse nome porque começa no trecho onde estão os restos da Igreja Nossa Senhora dos Pelaes, do século 18. O caminho pode ser percorrido em 40 minutos margeando o córrego Fazenda, entre matas da encosta preservada, com diferentes tipos de bromélias e trepadeiras, terminando na captação Pelaes, que forma uma queda d’água.

A trilha do Caminho de Pedra liga a planície ao alto das montanhas, num percurso íngreme de 1.200 metros que passa pelos rios Itatinga e Itapanhaú. Após três horas de' subida chega-se ao ponto mais alto onde pode-se apreciar desde a região de Bertioga até a Ilha de Alcatrazes. Sombra e água fresca formam o caminho da trilha de Três Poços, onde os turistas sentem o perfume dos eucaliptos, num percurso de 30 minutos. No final, há um poço cercado por grandes pedras que formam duchas naturais.

A trilha mais antiga e frequentada da região é a de ltapanhaú, também conhecida como Mogi-Bertioga. Durante o percurso é possível apreciar cachoeiras pequenas e quedas d’água de 20 metros de altura. Ela tem duas entradas: uma em Biritiba-Mirim e outra em Bertioga, acompanhando o Rio Itapanhaú.

O Município também vem sendo escolhido para sediar esportes de aventura como a Expedição Mata Atlântica (EMA) conhecida internacionalmente, e as provas locais como o Circuito Costa da Mata Atlântica, realizado pelo Clube Jaguareguava de Canoagem. As provas incluem canoagem, mountain bike, natação, corrida, e travessias de costões e rios.


Veja também

A todo vapor

Empresas de renome nacional, construtores da própria cidade...

2008

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware