Integração das polícias garante tranquilidade - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

No mês de abril, foram registrados apenas sete roubos em todo o município e, nos dois últimos meses, 40 pessoas foram presas pelos mais variados crimes. A informação é do delegado titular de Bertioga Elpídio Ferrarezi que comemora a união de esforços entre as polícias Civil, Militar, Rodoviária e Guarda Municipal. “O índice de criminalidade é baixo porque há um trabalho sério da Polícia Civil no esclarecimento rápido dos crimes que não puderam ser evitados. Por outro lado, a Polícia Militar faz a sua parte com competência no tocante à prevenção através do serviço ostensivo e dos flagrantes”, afirma Ferrarezi.

Há quatro anos atuando em Bertioga, o delegado destaca que quem comete crime na cidade vai para a cadeia e, segundo ele, esta é uma das fórmulas para inibir a criminalidade. “As quadrilhas de outras cidades deixaram de vir agir no nosso município porque sabem que aqui há um trabalho sério. Marginais da Zona Leste de São Paulo e de Itaquá, que se arriscaram a vir agir na cidade foram pegos, com o apoio da Polícia Rodoviária, quanto tentavam subir a serra”, informou.

 Sobre a boa repercussão da cidade no que diz respeito à segurança, o delegado comemora: “Estamos bem abaixo das metas estabelecidas e, quando você tira o marginal das ruas, você acaba com a sensação de impunidade. Desta forma, a polícia passa a ter credibilidade e isto é bom para o bem-estar de quem vive na cidade e também para os turistas”.

Elpídio Ferrarezi fez questão de destacar a parceria com a prefeitura do município. “O prédio da delegacia pertence à prefeitura e o prefeito também nos fornece carros e combustível. Por estes motivos posso afirmar que a sociedade bertioguense é privilegiada por estar num município como Bertioga", destacou o delegado, que hoje vive na cidade com sua família. “Aqui me realizei profissionalmente. Gosto muito de Bertioga e mesmo tendo recebido convites para voltar a atuar nas cidades que já trabalhei, como Santos, São Vicente, Praia Grande e Guarujá, não aceitei”.


Veja também

Construção civil reflete desenvolvimento

Média de área construída por ano no município é de 271 m², o...

2004

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware