Bertioga poderá se desenvolver pela indústria do turismo - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

Segundo o empresário de turismo Dú Zuppani, a natureza contempla Bertioga para várias atividades do turismo. Quando todo o potencial da cidade for explorado, as atividades turísticas poderão gerar milhões e se tornar a maior fonte de renda do município.  Para se ter uma ideia, Bertioga recebe de 100 a 200 pessoas/dia para a prática da pesca esportiva, primeiro esporte da cidade gerador de recursos e 2° esporte nacional do Brasil.

As modalidades que podem ser explorados na cidade são muitas: o turismo náutico (marítimo e fluvial), passeios, pesca embarcada e esportes náuticos; o turismo de veraneio, como as praias, a pesca e os esportes praianos e o lazer familiar; o ecoturismo, uma das maiores cidades da Baixada Santista de preservação ambiental, com 85% de sua área total, composta de trilhas, mangues, costões, rios, cachoeiras e piscinas naturais, além de vegetação de Mata Atlântica; o turismo histórico, como a Vila de Itatinga, o Forte e a ponte da Ferrovia da Banana, sobre o rio Jaguareguava, construída em 1929; o turismo gastronômico com as festas de frutos do mar da cidade e os restaurantes típicos, já que as pessoas associam “lazer com comida”, diz o empresário. E sobretudo, um dos maiores geradores de recursos da atualidade, o turismo de negócios (feiras, workshops e reuniões de empresas).

A empresa Suinã Turismo, administrada por Zuppani, já tem hoje um city tour programado pela cidade, que mostra desde as belezas naturais ao passado histórico, chegando à modernidade e sofisticação dos  condomínios do município. Um passeio que dura quatro horas, mas que encanta os turistas e os empresários que vêm participar de encontros e reuniões de negócios fora da agitação de São Paulo. "É uma iniciativa minha, mas que poderia se expandir muito com a união de todos" afirma.

Para Zuppani, a administração do prefeito Rachid vem solidificando a questão da qualidade de vida, com a criação da infraestrutura necessária à cidade, com o saneamento básico e a preocupação com o visual de Bertioga, ou seja, os projetos urbanísticos. Outros pontos que o empresário destaca são a atenção dada à preservação da história da cidade, a inauguração da Casa da Cultura e as viagens do prefeito para fazer intercâmbio com outros países. “Bertioga tem uma perspectiva muito grande de obter desenvolvimento de sua única indústria: a do turismo”. Segundo o empresário, com o projeto da construção de marinas, haverá uma alavanca para todo o setor na cidade. "Uma atividade turística traz mais visitantes para todas as outras”, afirma.


Veja também

Base para o futuro está na educação

Cidade fecha ciclo do desenvolvimento educacional com invest...

2004

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware