Bertioga poderá se desenvolver pela indústria do turismo - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

Segundo o empresário de turismo Dú Zuppani, a natureza contempla Bertioga para várias atividades do turismo. Quando todo o potencial da cidade for explorado, as atividades turísticas poderão gerar milhões e se tornar a maior fonte de renda do município.  Para se ter uma ideia, Bertioga recebe de 100 a 200 pessoas/dia para a prática da pesca esportiva, primeiro esporte da cidade gerador de recursos e 2° esporte nacional do Brasil.

As modalidades que podem ser explorados na cidade são muitas: o turismo náutico (marítimo e fluvial), passeios, pesca embarcada e esportes náuticos; o turismo de veraneio, como as praias, a pesca e os esportes praianos e o lazer familiar; o ecoturismo, uma das maiores cidades da Baixada Santista de preservação ambiental, com 85% de sua área total, composta de trilhas, mangues, costões, rios, cachoeiras e piscinas naturais, além de vegetação de Mata Atlântica; o turismo histórico, como a Vila de Itatinga, o Forte e a ponte da Ferrovia da Banana, sobre o rio Jaguareguava, construída em 1929; o turismo gastronômico com as festas de frutos do mar da cidade e os restaurantes típicos, já que as pessoas associam “lazer com comida”, diz o empresário. E sobretudo, um dos maiores geradores de recursos da atualidade, o turismo de negócios (feiras, workshops e reuniões de empresas).

A empresa Suinã Turismo, administrada por Zuppani, já tem hoje um city tour programado pela cidade, que mostra desde as belezas naturais ao passado histórico, chegando à modernidade e sofisticação dos  condomínios do município. Um passeio que dura quatro horas, mas que encanta os turistas e os empresários que vêm participar de encontros e reuniões de negócios fora da agitação de São Paulo. "É uma iniciativa minha, mas que poderia se expandir muito com a união de todos" afirma.

Para Zuppani, a administração do prefeito Rachid vem solidificando a questão da qualidade de vida, com a criação da infraestrutura necessária à cidade, com o saneamento básico e a preocupação com o visual de Bertioga, ou seja, os projetos urbanísticos. Outros pontos que o empresário destaca são a atenção dada à preservação da história da cidade, a inauguração da Casa da Cultura e as viagens do prefeito para fazer intercâmbio com outros países. “Bertioga tem uma perspectiva muito grande de obter desenvolvimento de sua única indústria: a do turismo”. Segundo o empresário, com o projeto da construção de marinas, haverá uma alavanca para todo o setor na cidade. "Uma atividade turística traz mais visitantes para todas as outras”, afirma.


Veja também

Projeto quer dar vida ao forte são joão

Monumento poderá abrigar atividades culturais Monumento po...

2000

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware