De grão em grão, clorofila criou raízes - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

O Programa Clorofila, com 19 anos de existência, é hoje uma referência no ambiente educacional de  Bertioga. Publica e distribui nas escolas o Boletim Clorofila, um periódico que proporciona a troca de informações entre elas.

Foto: JCN

Pequeninas mãos abrem espaço na terra e plantam ali uma semente. Olhos vivos e atentos cuidam do broto, acompanham de perto o seu lento crescimento e, quando chega o momento da colheita,o fruto é festejado, e levado para casa.Pronto! Criou-se aí um vínculo com a terra, com o meio ambiente local.

Foi assim, por meio do plantio, que o Programa Clorofila, criado e mantido pela empresa Sobloco Construtora, abriu as portas das escolas de Bertioga há 14 anos, para um projeto de educação ambiental continuada. Sua premissa é fazer com que as crianças descubram que são agentes de mudanças, e que podem, efetivamente, fazer a diferença onde vivem.“O cuidado com a planta volta a atenção para a preservação da natureza, é um resgate, e por meio dessa vivência afetiva, ampliamos a percepção das crianças para o todo”, diz a coordenadora do programa, Maria Cristina Peres.

Foto: JCN

Como as sementes das hortas e jardins, as crianças crescem e como tal, precisam de acompanhamento, de cuidados,até atingir o ponto de colheita, ou melhor, tornarem-se cidadãos atuantes. Para acompanhar esse dinamismo,o programa ampliou sua atuação de acordo com a demanda escolar e, hoje, tem várias frentes de trabalho, com projetos que envolvem a participação de mais de 12 mil alunos- do ensino fundamental ao básico -, de 17 escolas do município, entre públicas e privadas, e com a participação efetiva de professores, coordenadores, pais e a Secretaria de Educação do município.

Foto: JCN

Um trabalho contínuo, silencioso, feito por muitas mãos e com um único propósito: criar nova postura coletiva quanto às questões que envolvem a preservação ambiental no dia a dia. “Hoje, as escolas de Bertioga caminham no sentido da sustentabilidade. Tanto as crianças quanto os professores estão verdadeiramente envolvidos com esta questão. E o melhor,já podemos dizer que temos uma geração diferenciada”, afirma Cristina Peres.

Foto: JCN

O estudante Ezequiel da Silva Bastos,de 12 anos, aluno do colégio EE Maria Celeste, é um dos muitos exemplos dos resultados das ações do Projeto Clorofila.Com propriedade, ele diz: “Eu aprendi a ajudar o meio ambiente, a cuidar da escola e a ajudar a diretoria nos projetos demeio ambiente, com a Agenda 21. Sem o Clorofila, a escola não teria graça”.

A, B, Clorofila

O Programa Clorofila se ampliou e ,atualmente, possui várias frentes. Começou por iniciativa da Sobloco Construtora com o Prêmio Atitude Ambiental, criado em 1992, e existente até hoje. O concurso consiste na avaliação de temas relativos a questões ambientais, com premiação coletiva aos melhores trabalhos.

Foto: JCN

Em 1997, teve início o Projeto Clorofila, com a proposta de criar hortas e jardins nas escolas, em parceria com o viveiro demudas da Riviera de São Lourenço. A partir daí, o programa fincou raízes e se estendeu para vários campos, de acordo com a demanda escolar (veja quadro ao lado).  

Projetos desenvolvidos

Feira Clorofila - Evento anual realizado simultaneamente nas escolas participantes,em junho,quando são realizadas ações como feira de troca, oficinas de reaproveitamento de materiais, mostra de filmes,desfiles, exposições e outras ações exemplares e inspiradoras para a melhoria do meio ambiente.

Cursos de formação para educadores - Proporciona o contato do educador com profissionais especializados em diversas questões da educação ambiental,e objetiva proporcionar reflexão/ação na escola.

Foto: JCN

Encontro de parceiros - Encontro anual com os gestores das escolas,diretores, vice-diretores, coordenadores, supervisores, além de dirigentes regionais da educação.

Caravana da Primavera - Mutirão de plantio na cidade que comemora a chegada da primavera e mobiliza outros setores além do escolar.A ideia é aumentar a arborização da cidade pelas mãos dos próprios cidadãos, e, assim, despertar uma relação mais afetiva com Bertioga.

Agenda 21 na Escola - Iniciada em 2009 e voltada para alunos a partir do 6º ano. O projeto incentiva a formação de comissões demeio ambiente, com a participação de alunos e dois professores,responsáveis pela elaboração e aplicação de propostas voltadas à preservação ambiental.  



Veja também

Um verão de máximas

Números do consumo comprovam crescimento da taxa do turismo ...

2019

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware