Uma joia em Bertioga - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

Em seus 4 milhões e 400 mil m², a unidade Sesc Bertioga projeta seu desenvolvimento de forma sustentável, com uma série de ações e programas de responsabilidade sócio-ambiental.

Foto: Marcos Pertinhes

Anualmente, mais de 40 mil pessoas têm a oportunidade de conhecer Bertioga, a partir do Centro de Férias Sesc Bertioga como referência - uma visão que repercute positivamente no cenário turístico nacional. As atividades de turismo social desenvolvidas pelo Sesc SP, junto ao público comerciário, iniciaram-se em setembro de 1948, com a inauguração da então Colônia de Férias Ruy Fonseca.

Foto: Pedro Rezende

Planejada e construída num período em que não havia a atual abundância de protecionismo ambiental, a colônia projetada pelo engenheiro e urbanista Francisco Prestes Maia previa a construção de 300 casas para abrigar 2.400 pessoas por quinzena, num total de 60 mil hóspedes por ano. Um número expressivo para a época.

Em sua inauguração, contava apenas com equipamentos básicos e 28 casas pré-fabricadas, com capacidade para atender, no máximo, 200 pessoas a cada temporada de 14 dias. Todos os hóspedes chegavam e partiam juntos nas barcas da viação Santense. Com a expansão contínua do projeto, atualmente a prestigiada colônia tem capacidade para hospedar em torno de mil pessoas em casas e conjuntos de apartamentos, além de 300 balneários/dia. Possui diversos equipamentos de lazer, como ginásio esportivo, piscinas, quadras poliesportivas e cinema, entre outros.

Foto: Pedro Rezende

Primeira colônia de férias brasileira com instalações próprias, serviu como modelo para centenas de similares em todo o país e América Latina. Seu maior mérito foi inserir no cotidiano dos trabalhadores a questão do tempo livre, numa época em que poucas pessoas se davam conta da importância desse aspecto para o bem-estar e o desenvolvimento social e cultural dos indivíduos.

A importância da unidade para Bertioga, no entanto, vai além. Responsável pelo início do bairro Jardim Rio da Praia foi o primeiro grande gerador de empregos da região e hoje continua agerar cerca de 300 empregos diretos no município. Em seus 4 milhões e 400 mil m², projeta seu desenvolvimento de forma sustentável, com uma série de ações e programas de responsabilidade sócio--ambiental. Possui estação de tratamento de esgoto (ETE) própria, está em fase de implantação de um sistema de reuso de água; mantém coleta seletiva de lixo,projetos de educação ambiental e social junto à comunidade local, e destina grande parte de sua extensa área para a preservação ambiental. A ocupação sedá em 72 hectares, onde se localizam o Centro de Férias e a ETE. O restante -280 ha - mantém-se intocado.

Foto: Pedro Rezende

Dentre as atividades voltadas à população bertioguense, destaca-se o Programa Sesc de Esporte, que propõe a educação por meio do esporte e para o esporte, com 800 participantes entre crianças, jovens e adultos; cursos e oficinas com aprendizado de diferentes técnicas artesanais, como: modelagem em argila, patchwork, bricolage etc, que propiciam o lazer e a geração de renda;Centro de Educação Ambiental, onde são promovidos cursos, palestras e debates sobre as principais questões relacionadas ao homem e ao ambiente. Destaque também para as atividades culturais como shows, o programa Música é Cultura e o Projeto Teatrada, em parceria com a prefeitura local.  

Projetos futuros  

O Sesc SP possui uma gama de projetos que, segundo o gerente Marcos Laurenti, a unidade de Bertioga tem o interesse de implantar e já fazem parte do planejamento para 2012-2013, como o Programa Curumim, de educação não formal, que propõe o desenvolvimento integral de crianças e jovens na faixa etária dos sete aos doze anos, por meio de atividades educativas e de lazer.Outro projeto é o BiblioSesc - biblioteca móvel, montada sobre um caminhão,com o objetivo de facilitar as condições de acesso ao livro. Leva uma grande diversidade de livros para bairros que não possuem uma biblioteca. Além de oferecer livros para empréstimos, a BiblioSesc possui uma área para circulação de público, coberturas laterais e espaço para leitura e consulta nolocal. O público ainda conta com o auxílio de profissionais treinados para orientar na escolha dos livros.Há, ainda o OdontoSesc, atendimento odontológico dirigido aos trabalhadores do comércio e serviços e seus dependentes, onde são oferecidos tratamentos clínicos em diferentes especialidades, além de ações preventivas para promover saúde bucal, por meio do trabalho educacional.Os principais objetivos são: estender ações de odontologia para a população com dificuldade de acesso aos serviços de saúde bucal e estimular a participação social das comunidades atendidas por intermédio de ações concretas que mobilizem a população em prol da saúde bucal, contribuindo para um estilo devida mais saudável.


Veja também

Histórias que se mesclam

Um dos mais tradicionais bairros de Bertioga, o Rio da Praia...

2016

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware