Capacidade de atendimento ampliada - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

Prédio ocupado atualmente pelo Legislativo Municipal tem previsão de se tornar mais uma unidade de pronto atendimento,segundo Manolo.

Foto: Marcos Pertinhes

A área de saúde gera infinitas demandas e, as cidades do litoral têm uma gravante a mais, pois precisam estar preparadas para um iminente problema,o período de alta temporada, quando o número de habitantes salta para maisque o dobro da população local. Em Bertioga, atualmente, isso se traduz nos seguintes números: os 9 mil atendimentos no serviço de urgência e emergência,no período sazonal, sobem para cerca de 15 mil.

O resultado deste inchaço na demanda dos serviços é a baixa qualidade no atendimento e a insatisfação dos usuários, devido, principalmente, à falta de pessoal. Para resolver esta equação, a administração pública optou, há dois anos, pela contratação de uma empresa especializada em gestão hospitalar, a Fundação do ABC - Organização Social de Saúde. De acordo com o secretário da Saúde, Manoel Prieto Alvarez, esta decisão resultou na qualidade da presta ção do serviço. “O diferencial é a grande agilidade na contratação de médicos na temporada. Na administração pública você não tem essa flexibilidade de contratar por tempo determinado, apenas por concurso. Com a FUABC conseguimos prestar o serviço adequado para a população fixa e flutuante, mantendo a mesma qualidade”. Os investimentos no Hospital Municipal anualmente, segundo a administração municipal é da ordem de R$ 25 milhões.

Foto: Renata de Brito

De acordo com pesquisa realizada pela FUABC, a média do índice de satisfação dos pacientes é de 80%. O vereador Jurandyr José Teixeira das Neves,ex-superintendente da FUABC, fala sobre o resultado da pesquisa: “O trabalho está apoiado em duas bases, a parte técnica de equipamento de saúde e a humanização do atendimento. Isso resulta nessa resposta positiva quanto à gestão profissionalizada”. Com mais um ano de contrato em vigor, pelo valor mensal de R$ 2,3 milhões, o presidente e atual superintendente da FUABC Mauricio Mindrisz diz: “Vamos continuar prestando um serviço de qualidade, com otimização dos recursos”.

Praça da saúde

A praça Vicente Molinari, onde hoje estão localizados o hospital municipal, o pronto-socorro e a Câmara Municipal,deverá tornar-se a praça da saúde. Isto porque, está prevista a construção de um prédio anexo, entre o hospital e a Câmara, com capacidade para 60 leitos de enfermaria e 20 de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Já o prédio ocupado atualmente pelo Legislativo Municipal tem previsão de se tornar mais uma unidade de pronto atendimento, segundo o secretário municipal de Saúde. A construção do anexo, de acordo com Manolo, já foi aprovada pelo governo estadual e aguarda a liberação de verba. A previsão de construção é de 1 ano.

Novo pronto-socorro

Foto: Renata de Brito

Após reforma, o pronto-socorro municipal Dr. Luiz Carlos Battú, de Bertioga,foi entregue oficialmente no dia 4 deste mês de maio, com início das atividade no dia 11. Entre as mudanças, o número de leitos do CTI (Centro de Terapia Intensiva) agora com capacidade para atender de dois a cinco pacientes críticos; aumento das redes para gases, equipamentos de ar comprimido e oxigênio, bem como dos setores de informática e telefonia; local para atendimento e novas salas para repouso de médicos e funcionários. A reforma estrutural contou com troca das redes elétrica e hidráulica, saneamento (água e esgoto), demolição e reconstrução do piso, telhado, construção de portas e banheiros adaptados à acessibilidade. “Comestes investimentos, estamos preparando a cidade para os próximos 10 a 15 anos.Em saúde temos sempre que pensar para frente”, diz Manolo.  


Veja também

Orquestra didática completa dois anos

BERTIOGA - A Orquestra Didática do Município, criada em mai...

Bertioga-Especial

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware