Índios daqui - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

Terra Indígena Ribeirão Silveira,localizada na divisa com São Sebastião, ocupa uma área territorial de 8.500 hectares (em processo de demarcação física e homologação).Habitada por 110 famílias, num total de 400 pessoas, é um dos patrimônios de Bertioga. Conheça alguns traços dessa população.

Foto:

Preservação

A terra indígena abriga três viveiros para a produção de mudas de palmeiras juçara, açaí, açaí anão e pupunha. Também são cultivadas plantas ornamentais.Em 2002, a trabalho de reflorestamento de palmito juçara na comunidade recebeu o Prêmio Gestão Pública e Cidadania da Fundação Getúlio Vargas e da Fundação Ford, dentre 980 iniciativas de todo o Brasil, em reconhecimento pela preservação do meio ambiente. 

Foto:

Habitação

A reserva conta com 59 moradias de madeira, cobertas com palha de piaçava, infra--estrutura de saneamento básico e rede de energia elétrica. Todas as ocas contam com o sistema de energia elétrica e em cinco delas foram instalados sistemas de energia solar.

Educação

Escola da rede municipal mantida pela prefeitura de Bertioga, atende 75 alunos, distribuídos na pré-escola e 1º ao 5º ano. A da rede Estadual atende 71 alunos,distribuídos na 5ª, 6ª e 7ª e 8ª série e 1º, 2º e 3º ano do Ensino Médio. O corpo docente é formado por 10 professores não indígenas e cinco professores indígenas que ministram a alfabetização na Língua Materna.

Religião

Foto:

A Religião ocupa papel especial em todas as esferas da vida social dos Guarani. O ponto principal da compreensão do seu sistema religioso é a noção de alma humana, que está vinculada às crenças sobre a concepção.

Os Guarani manifestam sua vivência religiosa por meio da reza (Porarahêi), de forma coletiva ou individual. A ideia mítica do fim do mundo e a cura das doenças realizadas pelo Xamã, são outros elementos fundamentais da religião Guarani, que incentiva a crença na existência da vida após a morte.

Foto:

Existe na Terra Indígena Ribeirão Silveira três Opy (casas de reza) onde são ouvidas as palavras (porahei) proferidas pelos xamãs e realizados os rituais como o batismo do milho, funerais, rituais de cura, casamentos, etc. No mês de janeiro é realizado o Nhemongaraí (cerimônia onde as crianças recebem o nome).

Sobrevivência

Foto:

O padrão de consumo da comunidade está ligado à renda obtida por meio da confecção de artesanato e venda de flores artesanais, principalmente na temporada. O alimento vem, no geral, do cultivo de pequenas plantações familiares de banana, mandioca, batata doce e milho; a criação de pequenos animais, como galinhas; a caça e a pesca.

Saúde

A comunidade conta com um consultório odontológico e Unidade de Saúde, mantida pela Fundação Nacional de Saúde e prefeitura de São Sebastião, dotado de um enfermeiro padrão, auxiliar de enfermagem, dois agentes indígenas de saúde, motorista, médico pediatra e clínico geral,com atendimento duas vezes por semana.


Veja também

Verde, um chamariz insubstituível

Setor imobiliário considera a preservação da natureza um dos...

2019

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware