Pioneirismo no Indaiá - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

Antônio Rodrigues é o personagem principal de uma história repleta de dignidade, perseverança, honestidade e amora família, que será contada em livro escrito por sua filha mais velha, a pedagoga Marly Rodrigues. No livro, ainda sem nome e data de lançamento, constarão depoimentos dos cinco filhos e de amigos, entre eles Antônio Ermírio de Moraes.

Foto:

O ex-político, aliás, marca o início da história da família Rodrigues na cidade. Foi na casa do pai de Antônio Ermírio (Ermírio de Moraes) que a mãe de Antônio Rodrigues foi trabalhar quando chegou na antiga vila de Santos, vinda de Guarujá. Antônio Rodrigues, com apenas sete anos, trabalhou na casa do empresário como jardineiro, onde ficou por nove anos e criou laços de amizade com a família dos patrões.

Depois de tentar, sem sucesso, seguir o exército,Antônio Rodrigues montou o armazém Santo Antônio no bairro Indaiá, um dos primeiros comércios da cidade. Nele, trabalhou por 50 anos, período em que fez muitos amigos, garantiu o sustento da família e os estudos dos filhos, todos com formação universitária. “Naquela época era muito bom. Tenho até hoje pacotes de dinheiro antigo que guardava no colchão eque desvalorizaram porque esqueci de trocar. Agora,as crianças ficam brincando com eles”, diz sorrindo.

Foto:

Com o sucesso do comércio, Antonio Rodrigues acabou tornando-se uma pessoa bem sucedida para os padrões do bairro naquela época: foi o primeiro apossuir rádio (de bateria), televisão, luz e carro – um Ford 29, carinhosamente apelidado de ramoninha. “Todos os vizinhos vinham em casa para ouvir rádio e assistir televisão. Com o meu carro socorri muita gente”, conta ao lembrar das pessoas que chegavam à sua casa, a qualquer hora, com doentes para serem levados ao posto de saúde, no centro da cidade.

Assim, os Rodrigues gravaram o seu nome na história da cidade. Embora tenha um dos filhos atuando como vereador pelo quinto mandato consecutivo, Antônio Rodrigues garante que “nunca gostou de política”. Mas, afirma que participou de algumas reuniões para a Emancipação e que a luta valeu a pena. “Bertioga está boa, bonita, tem tudo”, resume.

Foto:

Bodas de diamante

Dia 20 de maio a família Rodrigues estará em festa.É que o casal Antônio Rodrigues e Cleonice Rodrigues completa 60 anos de união. “Gosto muito da minha mulher, ela me trata muito bem, é um amor eterno.Juntos criamos uma família muito unida e feliz”, conta Rodrigues com a calma, o sorriso e a serenidade do dever cumprido.

As filhas Marly e Rosely resumem as bases com que o casal formou a família. “Ele soube nos passar os seus maiores valores: humildade, responsabilidade e honestidade”, diz Marly. A arquiteta Cleonice completa: “Ele nos passou só coisas boas como perseverança, união e a dar importância para os estudos e para a família”, afirma com orgulho.


Veja também

Caminho das águas

No interior das matas que recobrem Bertioga,a água cristalin...

2011

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware