Saneamento acompanha crescimento da Cidade - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

Nos últimos dez anos, as ligações de água em Bertioga passaram de cerca de 10 para 24 mil ligações, segundo a superintendência da Sabesp. A rede de tratamento de esgoto também foi ampliada e o desafio atual é conscientizar a população sobre a importância de ter sua residência ligada ao sistema. 

Bertioga registra umas das maiores taxas de crescimento da Baixada Santista, segundo dados da Fundação Seade, e os números, em relação ao saneamento, também mostram esse caminho. Nos últimos 10 anos, somente em ligações de água,foi registrado um crescimento superior a 100%, passando de cerca de 10 mil para as atuais 24 mil ligações, de acordo com a superintendência da Unidade de Negócio da Sabesp na Baixada Santista.Segundo a assessoria de imprensa da Sabesp, os recursos empregados nos últimos três anos em vários programas da estatal na cidade passaram dos R$ 66 milhões, com obras de ampliação da cobertura de rede de esgoto e implantação de uma Estação de Tratamento de Água em Boracéia.

Foto: JCN

Dentro do Programa Onda Limpa, foi inaugurada a Estação de Tratamento de Esgoto ETE Saturnino de Brito,no bairro Jardim Vista Linda, no começo do ano, e que já iniciou as ligações domésticas. “Este é um momento muito importante para a cidade, porque mais que dobramos a capacidade de tratamento de esgoto, o que possibilitará acompanhar todo esse desenvolvimento”, explica o superintendente da Unidade de Negócio da Sabesp, na Baixada Santista, Joaquim Hornink Filho.

Ele destaca como fundamental, principalmente, para garantir a balneabilidade das praias, a realização das ligações domésticas. “A Sabesp fez grandes investimentos para atender diversos bairros que não tinham cobertura de rede de esgoto. Agora, é preciso que a população faça a sua parte, fazendo as adaptações internas e as ligações domiciliares”, avalia.

Para acompanhar os próximos passos do desenvolvimento do município, a Unidade de Negócios da Sabesp anuncia para o período de 2010 a 2014 uma série de investimentos para o município. Ao todo, devem ser empregados mais R$ 68 milhões, com a construção de estações de tratamento de água e esgoto, estações elevatórias e ampliação das ligações domiciliares de água e esgoto.

Foto:

De acordo com o superintendente, a meta da empresa é elevar a coleta de esgoto e a distribuição de água a 100%da população. “Temos como uma das principais diretrizes chegar a universalização do sistema de saneamento. Essa

condição representa mais qualidade de vida à população,uma das preocupações da Sabesp. E será um dos pilares de crescimento de uma cidade que possui grande área de preservação ambiental”, destaca Hornink.


Veja também

O lixo nosso de cada dia

Sempre que possível, reutilize os resíduos gerados nas ativi...

2011

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware