Avenida 19 de Maio com nova roupagem - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

Diz um velho provérbio popular que “a primeira impressão é a que fica”, e quem vive ou visita Bertioga, há de concordar que a sua entrada principal,a avenida 19 de Maio, não é lá muito atrativa.

Foto: JCN

Condição que pode estar com os dias contados, pois um projeto de reurbanização dessa importante via de acesso está em andamento.

O plano de revitalização contempla um portal de entrada no início da avenida, duas áreas contínuas de estacionamento, em linha reta, sob o canal, e ciclovia no canteiro central, até a Avenida Anchieta. A infraestrutura prevê pavimentação da via, melhorias na rede de iluminação e microdrenagem.

A previsão de investimento é de R$ 3,7 milhões.Sendo R$ 1,2 milhões de recursos próprios da prefeitura e o restante de repasses do Estado. Segundo o vice-prefeito e responsável pela Secretaria de obras,Eduardo Pereira, o projeto aguarda resposta do Departamento de Apoio de Desenvolvimento das Estâncias (Dade). Para os proprietários de imóveis, caberá a contrapartida de adequar as calçadas de acordo com o novo visual proposto.

Foto: JCN

A remodelação da via de acesso ao centro da cidade e um dos principais corredores comerciais do município, prevê um boulevard, na área próxima à praia, com jardins e acesso para pedestre, em fase de licitação da obra.

O prolongamento da 19 de Maio, no trecho entre a avenida Anchieta e a praia da Enseada, também deve ter continuidade em breve, conforme informou Eduardo Pereira. “A paralisação está sob processo jurídico e a nossa intenção é relicitar a obra para concluir essa fase”.

Qualidade para receber

O antigo sonho de construção de uma rodoviária na cidade também pode estar prestes a se realizar.Para tanto, a prefeitura aguarda a liberação de verba, no valor de R$ 1 milhão, também proveniente de emenda da deputada Haifa Madi, para iniciar o processo de licitação da obra.

Foto: JCN

De acordo com Eduardo Pereira, o projeto, que conta com seis baias para ônibus, guichês para venda de passagens, estacionamento, ponto de táxi e lojas de conveniências, já foi protocolado na Secretaria de Estado de Planejamento e Economia e, inclusive, já houve vistorias no local – uma área no bairro Vista Linda, ocupada pelo campo de futebol do Clube Beira Rio.

Ainda voltado para a qualidade dos serviços de transporte na cidade, Eduardo Pereira, revelou que está em estudo a implantação de três terminais de ônibus nas regiões mais distantes e de divisa, como Caiubura e Boracéia, por exemplo. “Também estamos planejando uma reavaliação do sistema de transporte coletiva”, informou.

Avenida Anchieta

Outro projeto de urbanização para a região central da cidade, de acordo com Eduardo Pereira, é a continuidade da segunda pista da avenida Anchieta. Orçada em R$ 33 milhões (verba oriunda de empréstimos da CEF,segundo Eduardo Pereira), a obra prevê serviços de drenagem e microdrenagem e a construção de segunda pista desde o trecho da avenida 19 de Maio até o Jardim Indaiá, mas com pavimentação, por enquanto, prevista apenas até o Jardim Rio da Praia. “As obras de drenagem nesta via, é importante para toda a cidade porque vai possibilitar o escoamento das águas de chuvas”.

O bairro Jardim Vista Linda, no trecho entre a avenida Anchieta e a Thomé de Souza, também está dentro da programação de reurbanização. “Temos um cronograma de obras para o bairro no valor de R$ 650 mil, sendo R$ 500 mil do estado e R$ 150 mil de contrapartida do município”, informou o secretário.

Eduardo Pereira ressaltou que há projetos de pavimentação e macrodrenagem para os bairros Indaiá, Vila Agaó,Rio da Praia e Balneário Mogi ano, além de reconstrução da avenida João Ramalho. O custo destes projetos é de R$ 90 milhões e a solicitação de verba, segundo Pereira,já foi protocolada junto ao governo federal.

Ainda segundo o vice-prefeito e responsável pela pasta de obras, estes um ano e meio de governo foi destinado para a organização da casa. “Fizemos revisão de contratos, contenção de despesas e agora estamos conseguindo dar início a projetos pontuais, principalmente com verbas de emenda de parlamentares, já que com recursos próprios não havia condições”, destacou acrescentando que a secretaria tem projetos preparados para 2011. “No primeiro ano a prioridade da prefeitura foi Educação e Saúde, agora é Obras”, garantiu.  


Veja também

A linguagem do encantamento

Por meio do contato com ambientes diversos, estudantes de Be...

2011

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware