Bertioga, primeiro povoado de apoio para a colonização - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga
Foto: Pedro Rezende

Quem visita Bertioga e encontra uma cidade em pleno desenvolvimento não consegue imaginar que ela já foi cenário do início da colonização do Brasil.Praticamente foi na antiga Buriquioca – que na língua tupi-guarani significa “Morada dos Macacos – que tudo começou. Antes da chegada dos portugueses, em 1531, a região era habitada pelos tupiniquins. Mas bem antes, por volta de 2000 a.C, tribos primitivas viviam na região e conseguiram deixar um testemunho de sua passagem por vestígios estudados até hoje como os sambaquis, montes artificiais de conchas com várias formas, encontrados na região.

Foto: Arquivo JCN

A história oficial do povoado de apoio começou com a chegada,em 1531, de Martim Afonso de Souza que aportou com suas naus nas águas de Buriquioca. Em 22 de janeiro de 1532 ele saiu da região para fundar a Vila de São Vicente. Nesse mesmo ano foi erguida,em Bertioga, a primeira fortaleza do Brasil,feita em paliçada de madeira, denominada na época Forte São Tiago, levantada por cinco irmãos mamelucos: João, Diogo, Domingos,Francisco e André, filhos do português Diogo Braga.

Foto: JCN

Em 12 de janeiro de 1545, Bertioga foi doada a João Pires e,dois anos depois, a fortaleza erguida no estratégico canal ganhava muros de alvenaria de pedra e cal. Nesse mesmo ano, em 1547, ela seria a defesa do ataque de 70 índios que chegaram em canoas para assaltar a fortificação, mas foram repelidos pelos soldados que tomavam conta do forte. Nessa época, todo o povoado ocupava um trecho à beira-mar defendido pelo Morro da Senhorinha.Foi dessa mesma fortaleza, construída também para defender a região dos ataques de inimigos, piratas e outras tribos indígenas, que a esquadra de Estácio de Sá saiu, em 27 de janeiro de 1565, para fundar a cidade do Rio de Janeiro. Em 1699, a fortificação ganhava suas características atuais sendo rebatizada, em 1765, como forte São João.

Retrato da história

O Forte São João abrigou vários personagens da história do Brasil como os jesuítas José de Anchieta e Manoel da Nóbrega em sua missão de catequizar os índios. Também foi morada do artilheiro alemão Hans Staden, responsável pelos primeiros relatos da vida das comunidades indígenas que habitavam o país. O monumento, que já foi palco de guerras e atrocidades,ainda era conhecido como Forte São Tiago quando teve sua construção substituída por alvenaria de cal e pedras em 1547.

Foto: JCN

No entanto, foi em 1765 que passou a chamar-se Forte São João devido à restauração da capela erguida em louvor ao santo. Em 1940, foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), época em que foi iniciado seu processo de recuperação que acabou sendo interrompido nos anos 60. Em 2001, depois de fechado ao público por mais de 5 anos, foi reaberto com a primeira edição da Festa Nacional do Índio.

Foto: Arquivo JCN

O forte passou a ser repovoado com armas do período colonial, salas temáticas que retratam passagens dos jesuítas José de Anchieta e Manoel da Nóbrega, uma oca recriando como vivia uma família tupiniquim no século XVI, artefatos indígenas e imagens que relatam a história do artilheiro alemão Hans Staden e sua aventura ao viver como prisioneiro por 9 meses dos tupinambás. Depois de libertado, voltou à Europa e, em 1555, publicou os primeiros relatos dos índios no Brasil.

Parque dos Tupiniquins

Foto: JCN

Em 22 de abril de 2004, quando o Brasil comemorou 504 anos de descobrimento, Bertioga recebeu, de presente, o seu sítio histórico, com a inauguração do Parque dos Tupiniquins. Passear pelo parque é uma forma de voltar ao passado, às aventuras do período colonial, pois ele mantém instalações, com estátuas em tamanho natural, do líder tupinambá, Cacique Cunhambebe, a única do Brasil, um cenário retratando os jesuítas Manoel de Nóbrega e José de Anchieta catequizando uma família tupiniquim e as figuras de Hans Staden e do índio Carijó. Totalmente reflorestado, o parque possui várias espécies de árvores e plantas típica da região.  


Veja também

Incentivo à preservação

Bertioga detém duas Reservas Particulares,uma delas,a maior ...

2011

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware