Caminhos para geração de emprego e renda - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

Bertioga é uma das cidades da Região Metropolitana da Baixada Santista que poderá ser beneficiada pelos planos de investimentos da Petrobras e a expansão do setor de Petróleo e Gás na região. Durante seminário Gás na Economia, realizado no final de abril, em Santos, na apresentação sobre“Estaleiros no Litoral Paulista - Uma oportunidade”, o secretário-executivo da Cespeg (Comissão Especial de Petróleo e Gás Natural), José Roberto dos Santos, afirmou que Bertioga está entre as cidades litorâneas com vocação para receber estaleiros, além de São Vicente e Cubatão, na Baixada Futuro Santista. Segundo ele, o Governo do Estado de São Paulo tem planos de transformar a região em grande pólo naval aproveitando o potencial criado coma exploração de petróleo e gás na Bacia de Santos.

Foto: JCN

E levando em consideração esse potencial, será necessário investir na criação de um parque tecnológico com instalação de fornecedores de equipamentos e navipeças, implantação de bases de apoio e, principalmente, oferta de curso na área naval visando a capacitação de mão-de-obra. Segundo estudo da Cespeg, o perfil de Bertioga está voltado para embarcações menores, tipo supply boats, para transporte de material e equipamentos, com maior valor agregado. Há também oportunidades em outras áreas como cabotagem e embarcações.

Foto: JCN

O que está sendo feito

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento iniciou um projeto de contratação e elaboração para Avaliação Ambiental Estratégica das áreas particulares identificadas para a instalação de estaleiros. Também está sendo feito um estudo de vocações, vantagens e benefícios econômicos e sociais para a região. O passo seguinte é  a assinatura do Termo de Cooperação entre o Governo do

Estado, prefeituras e áreas identificadas que inclui Bertioga. Segundo o secretário-executivo da Cespeg, José Roberto dos Santos, a estimativa é de que até julho seja apresentado o relatório final com o projeto para o pólo naval.

Foto: JCN

Investimentos da Petrobras

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli de Azevedo,explicou durante o seminário realizado em Santos, que a indústria do gás no Brasil está em crescimento e a principal mudança está ligada à Bacia de Santos. Até o ano que vem, a rede de gasoduto será aumentada em 2.332 km e a capacidade energética alcançará 7 mil MW. A Petrobras investirá US$ 29 bilhões no desenvolvimento da produção do pré-sal até 2013. Desse total, US$18,6 bilhões serão destinados à Bacia de Santos. Para o gerente geral da Unidade de Negócios, Exploração e Produção da Bacia de Santos, José Luiz Marcusso, além dos recursos financeiros,é preciso capacitar profissionais para atuar nesse novo mercado.

Foto: JCN

Saiba o que é Pré-Sal

É o nome dado para a faixa de petróleo de alta qualidade encontrada na costa marinha entre os estados do Espírito Santo e Santa Catarina. Essa faixa fica abaixo de uma camada de sal, a cerca de 7 mil metros de profundidade.De uma maneira simples, o Pré-Sal é um conjunto de reservatórios mais antigos que a camada de sal (halita e anidrita) neoapitiniano que se estende nas Bacias de Campos e Santos desde o Alto Vitória até o Alto de Florianópolis respectivamente. A espessura da camada de sal na porção centro-sul da Bacia de Santos é de aproximadamente 2.000 metros, enquanto na porção norte da Bacia de Campo está em torno de 200 metros.

Foto: JCN

A área de ocorrência conhecida desses reservatórios, segundo a Petrobras (2008), é de 112.000 km² dos quais 41.000 km²(38%) já foram licitados e 71.000 km² (62%) ainda por licitar.Este sal foi depositado durante a abertura do oceano Atlântico,após a quebra do Gondwana (Jurássico Superior-Cretáceo)  


Veja também

Sesc destina novas áreas ao verde

Inaugurada em Bertioga em 1948,a unidade do Sesc SP é modelo...

2011

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware