A cidade cresce... - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

A população economicamente ativa de Bertioga é de 25.368 pessoas. Os empregos formais somam 10.405.

Já pegou trânsito hoje? Uma pergunta que ainda parece distante para os moradores de Bertioga pode, em breve, tornar-se corriqueira, a   exemplo de outras cidades da região. Já é notável o aumento da frota de veículos nas ruas, composta, segundo dados do Ministério das Cidades - Departamento Nacional de Trânsito - Denatran (2012), por 8.583 veículos e 4.264 motocicletas. Sem contar os ônibus, as motonetas, os utilitários... 

Foto: Aline Pazin

O vaivém apressado de pessoas pelas ruas, o movimento no comércio e as filas nos supermercados, mesmo fora dos períodos de temporada, evidenciam um aumento da população fixa, bem acima dos 47.645, registrados pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa e Geografia - IBGE, na contagem populacional de 2010. A Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados - Seade, aponta uma população de 50.583 (2012). 

Bertioga foi a cidade que mais cresceu na Baixada Santista em dez anos. Segundo o IBGE, o município aumentou sua população em 59%, entre 2000 e 2010. Além dos nascimentos locais, pessoas vindas de várias regiões do país, que escolheram a cidade para viver, para investir e se desenvolver. Segundo a diretoria municipal de Trabalho e Renda, a população de Bertioga economicamente ativa é de 25.368 pessoas, sendo 14.330 homens e 11.038 mulheres. Desse total, 11.067 não contam com instrução ou possuem apenas o ensino fundamental incompleto. 

Foto: Aline Pazin

Assim, graças ao empenho de uma população que cresce vertiginosamente, a caçula do litoral aos poucos ganha ares mais urbanos, e já conta com uma expressiva rede comercial e de prestadores de serviços. Tanto que, atualmente, estes são os setores que mais geram empregos formais na cidade. Segundo a diretoria de Emprego e Renda, em Bertioga existem 2.324 estabelecimentos, que contratam pelo menos um funcionário. São 10.405 empregos formais (dados de janeiro/2013).

Foto: Aline Pazin

 A média de geração de empregos em 2012 em Bertioga, ainda segundo informações da diretoria, foi de 421, enquanto que na microrregião (Baixada Santista), esse número foi negativo em 1.665. Bertioga é a segunda da Baixada Santista em geração de postos de trabalho, perdendo apenas para Guarujá que, no mesmo período, gerou 560 vagas. 

Diariamente, chega gente nova na cidade; pessoas atraídas pela boa qualidade de vida que aqui se desfruta. Mas, assim como chegam investidores e pessoas com boas condições financeiras, por outro lado, a cidade também atrai uma população menos privilegiada, que busca seu espaço nesta nova cidade. Um dado que referenda esta movimentação é do Centro de Referência e Assistencial Social - Cras. O órgão aponta uma média mensal de novos cadastramentos no programa Bolsa Família, do governo federal, de 45, sendo 20, na unidade de Vicente de Carvalho II e 25 na unidade do Indaiá. 

Para atender toda a demanda de crescimento populacional e acompanhar o desenvolvimento regional, vê-se na cidade uma série de investimentos públicos e privados, voltados para a construção civil, saneamento, macro e microdrenagem e mobilidade urbana, que prometem mudar a cara da cidade e a qualidade de vida de seus moradores e visitantes em poucos anos.   


Veja também

Incentivo à preservação

Bertioga detém duas Reservas Particulares,uma delas,a maior ...

2011

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware