Morada da Praia - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga

O formato geométrico das delimitações do loteamento Morada da Praia aponta para um de seus encantos, a praia de Boraceia, de areias claras e palmeiras, que traduz em sentidos o que é morar neste lugar bucólico e reservado.

Quem vive no local procura passar o máximo de tempo possível neste refúgio, em companhia de sons tranquilizadores para a alma como o farfalhar das folhas, as ondas do mar e o canto dos pássaros. “É um paraíso”, enfatiza José Carlos Gonçalves, proprietário de uma casa no chamado condomínio.

Foto: Shin Shikuma

Encantado com o local, há 24 anos o empresário mantém seu imóvel e participa o quanto pode das reuniões e assuntos que dizem respeito à região. “Temos segurança, conforto, estamos muito junto à natureza. Possuímos um rio vistoso onde dá para fazer passeios de barco, jet-ski e pescar, além de sair para o mar. Para completar, ainda somos contemplados por uma praia praticamente particular”. Ele se refere ao fato de a estrada passar junto ao mar e o primeiro terreno, depois da estrada, é do condomínio, ao qual ninguém tem acesso. José Carlos diz que “os frequentadores daquele espaço acabam sendo os condôminos e seus convidados. Eu gosto muito de lá, dá para descansar muito”.

Foto: Shin Shikuma

O empresário acredita que as principais diferenças em relação à Riviera são a estrutura e a movimentação: “o nosso é um perfil mais de campo, tem mais bucolismo”.

Esse “bucolismo” é garantido pela área do Parque Estadual da Restinga (Perb) que cerca o loteamento em grande parte de seus limites territoriais. A unidade de conservação integral tem pouco mais de nove mil hectares e, administrada pela Fundação Florestal, foi criada em dezembro de 2010. O Perb foi instituído após uma série de estudos e apresentações aos órgãos públicos, ONGs e a população em geral, indicando a importância da preservação dos ecossistemas existentes na área. Além disso, sua forma se constitui em um “corredor ecológico”, que interliga regiões litorâneas à Serra do Mar. Segundo os estudos, entre outros aspectos, a unidade protege as sub-bacias do rio Itaguaré e Guaratuba, que possuem boa “disponibilidade hídrica e qualidade da água”.

Foto: Shin Shikuma

A localização do Morada da Praia também proporciona a seus moradores a segurança almejada, já carente em outros bairros do município - reflexo da expansão da criminalidade no país. Quando mudou com sua família para o loteamento, há quase oito anos, a bancária Lisiane Panassolo Pinto também buscava essa segurança. “Nós viemos morar para cá porque fomos assaltados no bairro em que morávamos [Vista Linda], por isso, optamos pelo Morada da Praia e aqui frisamos bastante a segurança e, graças a Deus, nunca aconteceu nada”, conta.


Mudanças

Foto: Shin Shikuma

Anteriormente, os atuais bairros Costa do Sol e Morada da Praia eram classificados, respectivamente, como pertencentes aos bairros Guaratuba e Boraceia. Pelo abairramento, isso foi mudado após pesquisas e audiências realizadas com a população de Bertioga. Conforme conta Nelson Portero,chefe de seção de Desenvolvimento Urbano, os moradores de todas as regiões foram ouvidos para saber se as mudanças eram realmente o desejo de seus residentes e os empreendimentos passaram a dar nome aos bairros.

Foto: JCN

Segundo ele, a disposição geográfica, com características específicas, foi determinante para a elaboração da nova definição. No caso do Costa do Sol, por exemplo, não havia uma real ligação com o Guaratuba, além da praia e, no do Morada da Praia, esta característica “elitista” também contribuiu para a separação. “Eles querem a entrada única pela rodovia; não querem que passe nem o sistema viário dentro do empreendimento, nem uma rodovia. Estabeleceu-se que o Morada da Praia tem acesso pela rodovia Rio-Santos, apenas. E é mais fácil para identificar e localizar”, explicou o chefe de seção.

Foto: JCN

Apesar disso, caso os moradores não estejam satisfeitos com a nova denominação, Nelson Portero explica que pode ser feita uma emenda na lei do abairramento para restituir os empreendimentos aos antigos bairros, contudo, é necessário que a solicitação tenha representatividade, ou seja, seja feita pela maioria dos moradores do local. Outra questão esclarecida pelo chefe de seção é que tanto o Costa do Sol quanto o Morada da Praia são loteamentos e não condomínios, pois, em seu interior existem áreas públicas.



Veja também

Contas equilibradas. Mas, já dá para investir?

Expectativa de arrecadação para este ano é de mais de R$ 290...

2012

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware