Um marco de excelência desde a concepção - Sistema Costa Norte de ComunicaçãoBertioga-Especial | Sistema Costa Norte de Comunicação
Voltar para especial bertioga
Foto: Repodução JCN

 Desde a década de 1970, nenhum novo loteamento foi aprovado na cidade. As exigências do Plano Diretor de Desenvolvimento Sustentável, somadas às das atuais leis ambientais, dificultam a aprovação de projetos. Mas, por outro lado, o rigor também pode garantir a excelência dos futuros empreendimentos, a exemplo do City Acaraú, e do Buriqui Costa Nativa, apresentados em audiências públicas na cidade.  

Foto: reprodução/JCN

O loteamento City Acaraú, em Bertioga, proposto para ser instalado às margens da rodovia Rio-Santos (SP-55), fronteiriço à Riviera de São Lourenço,   é um projeto de desenvolvimento urbano com regras de planejamento ambiental, que deve gerar aproximadamente 850 empregos diretos em sua fase inicial, segundo seus responsáveis. O projeto prevê a instalação de villages, edifícios residenciais, centro comercial, hotel, centro de convenções e flat, em áreas de 681.117,97 m², sendo 436.243,57 m² deste total, destinados aos lotes residenciais. Um de seus maiores atrativos é o hotel, com espaços diversificados, tais como área de lazer com piscinas naturais, SPA, restaurante, quadras de tênis, futebol e vôlei de areia e até uma pista de skate. O consultor ambiental da Gaia Consultoria, Teo Balieiro, ressaltou que, entre os benefícios para o desenvolvimento da cidade proporcionados pelo projeto, encontram- -se o incremento da arrecadação municipal de impostos e a geração de empregos diretos. A obra desta envergadura vai exigir a duplicação da rodovia Rio-Santos (SP-55), do trecho entre o trevo da Riviera de São Lourenço e o da Mogi-Bertioga, com duas faixas de circulação por sentido, e não mais uma, como atualmente.

Foto: JCN

O estudo e o relatório de impacto ambiental (EIA-Rima) foram elaborados durante três anos, a partir das demandas e necessidades locais, conforme apresentou Teo Balieiro em audiência pública realizada dia 18 de abril, no Hotel 27. Ele ressaltou que a destina- ção da área para construção foi projetada em dimensões menores do que as estipuladas pela legislação, num reflexo da visão conservadora do projeto. “É uma felicidade apresentar um projeto em uma cidade como Bertioga, na qual eu e a minha família temos um vínculo há mais de 60 anos”, falou Sergio Levy, da Cia. Fazenda Acaraú, proprietária da área, durante a audiência pública.  

Buriqui Costa Nativa

Foto: JCN

Idealizado pelo Grupo Brasfanta, o loteamento residencial e o complexo turístico Buriqui Costa Nativa, foi apresentado em audiência pública ano passado e deve ser implantado na praia da Enseada, em uma área privilegiada de 3,5 milhões de metros quadrados, localizada a poucos metros da Colônia de Férias Ruy Fonseca - o Sesc Bertioga, e entre dois bairros populosos, o Jardim Ana Paula e o Jardim Raphael. A área em questão é cortada pela rodovia Rio-Santos, a SP-055 (BR 101) e pela avenida Anchieta (veja mapa).

A planta, que vem sofrendo modificações e ajustes para atender as normas ambientais desde 2005, apresenta um loteamento predominantemente residencial, com lotes para casas e edifícios de apartamentos, hotel, comércio e serviços, clubes, área de apoio, além  de áreas públicas e institucionais. O projeto destina 81% da área total do empreendimento para conservação ambiental.  


Veja também

Um verão de máximas

Números do consumo comprovam crescimento da taxa do turismo ...

2019

© 2018 Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte Comunicação | Powered by Mundiware